Postagem em destaque

Slow Motion Bossa Nova - Celso Fonseca & Ronaldo Bastos

Encante-se ...!

sábado, 13 de junho de 2015

Splashmob Hotel Cordial Mogán Playa / Bolero de Ravel





Aproveite e durma bons sonhos...!!!

PT tem dificuldade para governar e erra mais do que acerta.../

Ministério da Saúde desdiz o ministro da Saúde

9

Josias de Souza

O setor de imprensa do Ministério da Saúde recorreu a uma ferramenta inusitada para se comunicar com a sociedade: o autodesmentido. A pasta da Saúde divulgou em seu site uma nota para dementir o próprio ministro da Saúde, Arthur Chioro. O ministério desautorizou declaração do seu titular sobre a volta da CPMF.
Ao participar do Congresso Nacional do PT, em Salvador, Chioro declarou que o governo estuda “uma proposta de contribuição sobre movimentação financeira” para financiar a Saúde. Fez isso num instante em que o PT defende a recriação da CPMF. Questionado sobre o tema em São Paulo, o ministro Joaquim Levy (Fazenda) disse: “Não há perspectiva de CPMF”. Os repórteres insistiram. E Levy: “Eu não estou cogitando.”
Sobreveio, então, a nota da Saúde. Sem citar nomes, o texto ecoa Levy, puxando a escada de Chioro. “O governo federal não trabalha com nenhum modelo novo de financiamento”, diz o documento. “Não há, no âmbito do governo federal —o que abrange a equipe econômica— nenhuma discussão em curso sobre o tema.”
Deve-se a divulgação da nota a uma ordem de Dilma Rousseff. Ficou entendido que, em matéria tributária, estudo que não tenha a participação do ministro da Fazenda não vale. Vai abaixo a íntegra da nota do Ministério da Saúde:
AspasPequenasA discussão do financiamento da saúde é um tema histórico e essencial para a sustentabilidade do Sistema Único de Saúde (SUS);
Neste mês, a Pesquisa Nacional de Saúde, realizada pelo IBGE, revela que 70% da população usa, exclusivamente, o SUS para o acesso à saúde, reforçando a importância desse debate;
O governo federal não trabalha com nenhum modelo novo de financiamento;
Especificamente sobre a criação de uma contribuição financeira para a saúde, o Ministério da Saúde acompanha sugestões e debates, tanto da sociedade civil como também dos gestores e dos representantes do poder público, como prefeitos e governadores. Não há, no âmbito do governo federal – o que abrange a equipe econômica – nenhuma discussão em curso sobre o tema;
Neste momento, o Ministério da Saúde trabalha na melhoria de gestão do sistema, no aperfeiçoamento de modelos resolutivos de atenção à população e reforço de ações para garantir uma rede integral à saúde.

Petistas espancam representante do 'Revoltados Online' em Salvador e revelam sua tática de guerra...

sábado, junho 13, 2015


LÍDER DO GRUPO REVOLTADOS ONLINE QUE FAZ OPOSIÇÃO AO PT FOI VIOLENTAMENTE ESPANCADO POR PETISTAS SOFRENDO FRATURAS DE COSTELAS, CLAVÍCULA, TORNOZELO E COTOVELO.
Marcelo Reis, líder do movimeno Revoltados Online que faz oposição ao PT, foi violentamente espancado uma horda de petistas no Hotel Pestana, em Salvador. 

Violentamente espancado por dezenas de petistas que quase o lincharam no hotel Pestana, em Salvador, conforme noticiei aqui no blog, o líder do movimento Revoltados Online de oposição ao PT, Marcelo Reis, sofreu lesões de natureza grave em diversas partes de seu corpo. Está com o braço esquerdo e a perna direita engessados, além de escoriações variadas por todo o seu corpo.
Segundo o laudo médico, Marcelo Reis teve duas costelas fraturadas, fratura no tornozelo direito, fratura no cotovelo esquerdo, trinca na clavícula e joelho seriamente avariado.
A gravidade dos ferimentos sofridos por Marcelo é destacado no laudo médico cujo facsímile está reproduzido abaixo, ressaltando:
“CONDUTA: Paciente submetido a imobilização gessada axilopalmar à esquerda e imobilização em tala gessada do tornozelo direito. Realizados curativos em escoriações. Devidamente orientado a possíveis lesões ligamentares em tornozelo direito e retirado carga do membro inferior direito, com auxílio de bengalas. Solicito estudo complementar com ressonância nuclear magnética de possíveis lesões ligamentares do tornozelo direito e lesões associadas ao joelho direito. Deverá manter acompanhamento em cidade de origem. Oriento quanto ao risco de trombose venosa profunda e prescrevo anticoagulante profilático, uma vez que o paciente retornará para a cidade de origem por meio de transporte aéreo”. Com informações da página do Revoltados Online no Facebook
FACSÍMILE DO LAUDO MÉDICO:
Clique sobre a imagem para vê-la ampliada


Novo canal de Suez no Egito... / Correio da Manhã

 13.06.2015  13:42 Egito inaugura novo acesso ao canal do Suez Cerimónia a 6 de agosto.
Egito inaugura novo acesso ao canal do Suez Cerimónia a 6 de agosto.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/mundo/detalhe/egito_inaugura_novo_acesso_ao_canal_do_suez.html


O novo canal de acesso no canal do Suez (Egito), que tem como objetivo melhorar o tráfego nesta importante via marítima, vai ser inaugurado a 6 de agosto, anunciaram este sábado as autoridades egípcias. O desenvolvimento deste novo canal, construído ao lado do antigo canal do Suez, é apresentado como um dos mais importantes projetos do Presidente egípcio Abdel Fattah al-Sissi, o ex-chefe do exército que destituiu em julho de 2013 o islamita Mohamed Morsi, o primeiro chefe de Estado eleito democraticamente no Egito. As promessas eleitorais de Abdel Fattah al-Sissi foram focadas na revitalização da economia egípcia, fortemente abalada devido à instabilidade política sentida naquele país. "Os trabalhos de escavação e de drenagem estarão terminados a 15 de julho de 2015. A inauguração do novo canal do Suez terá lugar a 6 de agosto de 2015", anunciou o diretor da autoridade do canal do Suez, Mohab Mamish. 

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/mundo/detalhe/egito_inaugura_novo_acesso_ao_canal_do_suez.html

sexta-feira, 12 de junho de 2015

"O PT no divã do analista" / Sandro Vaia /


POLÍTICA

O PT no divã do analista

É muito difícil que desse divã do analista saia um diagnóstico preciso sobre o processo de perda de identidade ou de esquizofrenia do PT
Divã (Foto: Arquivo Google)
O PT está deitado desde ontem, em Salvador, no divã do analista, tentando achar o núcleo de sua personalidade perdida.
Quem sou eu, doutor? Sou o partido que nasceu para ser diferente dos outros e no entanto estou fazendo tudo igualzinho aos outros, e muitas vezes até pior, e não consigo achar mais o meu norte ético.
Estou no governo - ou pelo menos parte de mim está no governo - e no entanto outros pedaços de mim mesmo estão saindo às ruas para protestar contra o que eu mesmo estou fazendo no governo.
Sou de esquerda, de centro ou de direita ou não sou nada disso - mas apenas um partido como os outros, que quer o poder pelo poder e nada além do poder?
Há pelo menos 8 tendências internas representadas nesse 5º Congresso Nacional e elas não estão de acordo nem sequer no fato, agora incontornável, de que discutem até hoje se deveriam mesmo estar reunidos em congresso exatamente num momento de tantas dúvidas existenciais que abalam a própria identidade do partido.
Eles se reuniram, no mínimo, para ouvir as palavras de seu grande e indiscutido (entre eles, claro) “condottiere” Lula, para ver se ele, com suas palavras, ilumina o mundo, como diria a Chauí. Em momentos de dúvida, as massas militantes apelam ao Grande Timoneiro que está mais à mão. Cada fé tem seu Santo Expedito a quem apelar na hora das causas impossíveis.
Petrolão, estagnação, inflação, desemprego em alta, ajuste fiscal operado pelas mãos de um estranho no ninho, alimentado pela ortodoxia econômica inimiga, um plano mirabolante de concessões, uma atribulada convivência com uma base aliada sôfrega, rebelde e desrespeitosa- eis o cenário perfeito para o inferno astral que o PT está levando para o divã.
Enquanto o governo de Dilma, na perfeita analogia musical do professor Luiz Werneck Vianna, sociólogo e pesquisador da PUC-Rio, faz como o velho marinheiro, que em meio ao nevoeiro, leva o barco devagar, a rapaziada sente falta do pandeiro e do tamborim.
Os oito pedaços de PT reunidos em Salvador se dividem entre aqueles que querem voltar a tocar o pandeiro e o tamborim em alto e bom som e aqueles que acham que é preciso criar esperanças de bom tempo para depois do nevoeiro.
Os pés do demiurgo Lula estão instalados nos dois barcos: para sonhar com 2018 ele precisa que o marinheiro leve o barco ao seu destino, mas ele precisa também tocar o pandeiro e o tamborim para fazer-se ouvir.
A crise de identidade que o PT, deitado no divã, está expondo ao analista, deriva em grande parte desse dilema: como ser contra e a favor do governo ao mesmo tempo ?
Retomar o discurso de esquerda praticando um ajuste fiscal que eles estigmatizam como uma prática de direita? Defender a democracia e ao mesmo tempo proteger a Venezuela de sanções por práticas antidemocráticas como encarcerar líderes oposicionistas? Defender a ilusão do Mercosul ao mesmo tempo em que o comércio entre tão solidários hermanos despenca 30%?
Cortar despesas em educação e saúde ao mesmo tempo em que os 39 ministérios e seus cargos agregados incham como um balão? Tentar conter a inflação a laço enquanto ela vaza pela via dos preços controlados e pela irresponsabilidade fiscal?
É muito difícil que desse divã do analista saia um diagnóstico preciso sobre o processo de perda de identidade ou de esquizofrenia do PT.
Se a patologia se revelar benigna, pode ser que o PT encontre um mapa para sair de seu próprio labirinto. Caso contrário, a receita pode requerer o uso de uma camisa de força.

Milícia paga pelo PT agride o líder do Movimento Revoltados Online e mais dois representantes do movimento e revela seu modus operandi covarde e sem noção como regra


sexta-feira, junho 12, 2015


GRUPO DE PETISTAS AGRIDE VIOLENTAMENTE O LÍDER DO MOVIMENTO REVOLTADOS ONLINE DENTRO DO HOTEL PESTANA EM SALVADOR


Marcelo Reis, líder do movimento Revoltados Online, foi agredido de forma violenta por um grupo de petistas no Hotel Pestana, em Salvador, onde está hospedado. Neste vídeo Marcelo Reis relata o ocorrido. Na página do Movimento Revoltados Online há outro vídeo onde Marcelo relata que foi agredido de forma violenta por numeroso grupo de petistas. Afirma no vídeo postado no Facebook que a segurança do hotel não agiu deixando que os bate-paus do PT avançassem contra Marcelo e mais dois integrantes do Revoltados Online.
Marcelo relata que foi agredido com socos e pontapés que o deixaram com o corpo cheio de hematomas e escoriações generalizadas, em decorrência da extrema violência desferida pelos sequazes de Lula.

No vídeo postado no Facebook, Marcelo Reis mostra inclusive hematomas na parte interna de sua boca, bem como no cotovelo. O Movimento Revoltados Online já registrou boletim de ocorrência em delegacia policial para a tomada de providência legais.

MATÉRIA DO ESTADÃO MENTE!
No site do Estadão há uma matéria sobre a agressão sofrida por Marcelo Reis. O texto, evidentemente, alivia a barra do PT. Em certa altura afirma que “com ajuda dos militantes que tentavam manter a calma, foi feito um escudo humano em torno de Reis. Ele conseguiu deixar o lobby sem se machucar". 
Entretanto, os fotogramas do vídeo do Revoltados Online que está no Facebook e reproduzidos acima, mostram que Marcelo Reis foi ferido, inclusive na parte interna da boca.

E agora José Mujica...?? Brotam clubes de maconha no Uruguay / Clarín


Legalización de drogas. exclusivos y cada vez hay más, en especial en Montevideo. En algunos hay que pagar 400 dólares para pertenecer, y se degusta cannabis "gourmet". Mirá cómo son.

Al escuchar el relato de Juan Vaz, un club de marihuana éxito en Uruguay es casi como un restaurante de cinco estrellas.
"Hoy, tenemos que abrir los paladares de los miembros del club'', dijo Vaz, asesor técnico del Club Cannábico Sativa en Montevideo. "Tenemos que presentarles el mundo del cannabis gourmet, que es el elemento diferenciador de nuestro club''.

Bolsitas con 10 gramos de la variedad Amnesia de marihuana, en un club de Cannabis, en Montevideo./ FOTOS AP.
El Congreso de Uruguay legalizó la marihuana en 2013 y durante el último año ha ido implementando varios aspectos de la ley. El año pasado, el gobierno comenzó a registrar clubes de productores, que pueden cultivar hasta 99 plantas y tener un máximo de 45 miembros.
Plantas de marihuana, colgadas en su proceso de secado en un club de cannabis. 
Los clubes, que están brotando alrededor de Montevideo, son básicamente grandes invernaderos en los que sus miembros poueden cultivar plantas a su gusto y, por supuesto, fumar uno o dos cigarros para probar su cosecha.

Uno de los invernaderos, donde crecen las plantas.
Aunque han hecho aflorar a muchos fumadores, estos colectivos tienen una regulación bastante estricta. Por ejemplo, es ilegal formar parte de un club y al mismo tiempo tener un cultivo doméstico o formar parte de más de una asociación.
Una planta crece en un neumático, en un club de marihuana, en Montevideo.
Para unirse al Cannábico Sativa hay que aportar una cuota de inscripción de 400 dólares y luego realizar un pago mensual de 92 dólares. Gran parte de este dinero se destina al equipamiento necesario para producer marihuana de calidad. El club cuenta de deshumidificadores, ventiladores, unidades de aire acondicionado y filtros de carbono, todo para nutrir a las plantas en cada paso de su crecimiento.
Joaquín Fonseca, presidente del club, explicó que después de cada cosecha los miembros votan qué planta produce la mejor marihuana.

Joaquín Fonseca, del Club Canabico Sativa, emite un recibo a camibo del pago de una cuota.
"Aquí tenemos una calidad muy alta'', celebró. "Y estoy contento porque me la puedo funar''.
(Fuente: AP)

O cara "é um pote até aqui de mágoa"... ou o líder da maldade ? . Pode ser as duas coisas juntas...



Lula faz troça de 440 demissões de jornalistas

Josias de Souza



Com uma ponta de sarcasmo, Lula fez troça dos jornalistas e dos meios de comunicação no discurso de abertura do Congresso Nacional do PT, em Salvador. “Proporcionalmente ao seu tamanho reduzido, o setor que mais desemprega hoje no Brasil é a imprensa”, disse. Ouviram-se aplausos da militância.
“Só neste ano, tivemos 50 demissões de jornalistas na Folha de S.Paulo”, prosseguiu Lula, arrancando mais palmas da plateia. “Foram 120 demissões noGlobo, 100 demissões no Estadão, 50 na Band e 120 na Editora Abril.” Nesse ponto, o plenário do congresso petista entoou um coro: “O povo não é bobo, abaixo a Rede Globo.”
Lula se deteve na situação do grupo que edita a revista Veja. “A Editora Abril, que publica a revista mais sórdida deste país, teve de entregar metade do seu edifício-sede, teve de vender ou fechar 20 títulos de revistas. E temos grupos jornalísticos inteiros à venda. Parece que as pessoas não querem continuar lendo as mentiras que eles publicam.”
Lula arrematou: “Essas empresas, que atacam tanto o nosso governo, não são capazes de administrar a própria crise sem jogar o peso nas costas dos trabalhadores. E acham que podem nos ensinar como se governa um país com mais de 200 milhões de habitantes!”
Na condição de político, ao criticar a imprensa que imprensa, Lula comporta-se como um comandante de navio que reclama do mar. Como ex-sindicalista, comete sincericídio ao celebrar o desemprego alheio.

Humor de Sponholz / blog de Aluízio Amorim


Sponholz: A inflação e os trapaceiros!


Arrume-se, use cotonete e ouça com sentimento de gratidão... / Getz / Gilberto / Gambiarra



“Getz / Gilberto” reaparece 50 anos depois em nova versão


getz / gilberto 2
Houve um tempo em que o intercâmbio musical entre artistas de países distantes era mais notável no cenário fonográfico mundial. No caso do Brasil, talvez, Carmen Miranda seja quem melhor representa esta cultura, levando grande parte do nosso país para o pessoal da América do Norte ver. Mas outros também conseguiram êxito nesta jornada, como foi o caso da junção entre João Gilberto e o saxofonista estadunidense Stan Getz. Os dois gravaram Getz / Gilberto, um disco essencialmente de Jazz, que tem muita história para contar.
A junção de João com Getz chegou ao seu ápice no ano de 1976, quando ambos se apresentaram juntos no clube Keystone Korner, em San Francisco. Na época, a mistura da Bossa Nova com o Jazz em uma sociedade americana ainda centrada, em parte, na psicodelia causou furor em muitos amantes da boa música.
Quase 40 anos depois do lendário show na Califória, João Gilberto (que completou nesta quarta, dia 10 de junho, 84 anos) vai ganhar um presente especial: gravações da sua apresentação com Stan foram recuperadas e serão relançadas agora através da gravadora norte-americana Resonance Records.

“Getz / Gilberto ’76”

Quando se apresentou no Keystone Korner, nosso músico inseriu no repertório sucessos como Rosa Morena e Doralice, de Dorival CaymmiEu Vim Da Bahia, de Gilberto Gil; e Águas De Março, de Tom Jobim. Tais músicas se juntaram na época à Garota De Ipanema, composta por Tom Jobim Vinícius de Morais. Graças a João, a música acabou se tornando um sucesso mundial.
Tudo ganhou novos contornos com o lançamento do disco Getz / Gilberto, gravado em 1962 e lançado dois anos depois. O repertório apresentado por 6 noites consecutivas naquele mesmo ano no Keystone Korner se baseou, porém, na lista de músicas de outro LP em parceria entre Stan e João: Best Of Two Worlds.
A mistura destes dois trabalhos de estúdio ganha agora uma nova versão, uma coletânea raríssima e especial, batizada de Getz / Gilberto ’76, e que busca perpetuar as preciosas apresentações dos dois artistas. Especializada exatamente em raridades, a Resonance Records acredita que tem em mãos um grande tesouro, que passou pela curadoria de Todd Barkan.
getz / gilberto 1

Barkan: “Foram algumas das semanas mais emocionantes […] daquele clube”

Todd era o dono do Keystone Korner e ajudou a co-produzir este novo trabalho. Ele se diz ainda maravilhado com a apresentação ao vivo, de décadas atrás, e destacou em entrevista para a Folha de S. Paulo a habilidade musical de João Gilberto em sempre apresentar novas e sutis nuances emocionais em diversas interpretações.
“Foram algumas das semanas mais tocantes e mágicas que tivemos nos anos de existência daquele clube de jazz hippie e psicodélico em North Beach, São Francisco. Para mim, foi música das mais emocionantes e hipnotizantes que já ouvi nos mais de 50 anos que trabalho com jazz.”
Sobre a importância de se resgatar todo este conteúdo, Barkan destaca o processo de gravação e recuperação de áudios pelas quais as músicas passaram:
“Essas gravações foram feitas originalmente para arquivo, direto da mesa de som, em um gravador de fitas da marca TEAC. Ao Longo dos anos, alguns amigos me ajudaram a transferir as fitas para arquivos digitais, para garantir que essa música preciosa não se perdesse no tempo e no espaço, independente de elas serem ou não lançadas comercialmente.”
Apesar de não ter data oficial de lançamento, o registro é aguardado ainda para este ano. Porém, em abril, a Resonance comercializou uma edição promocional do projeto, com quatro faixas que estarão presentes no disco gravadas em vinil. Mas possivelmente nada chegará aos pés da coletânea completa, que será uma arca cheia de moedas de ouro cantadas por dois grandes ícones da música mundial.
getz / gilberto 4