Postagem em destaque

Slow Motion Bossa Nova - Celso Fonseca & Ronaldo Bastos

Encante-se ...!

sábado, 23 de maio de 2015

Denúncias novas ... // Charge do Paixão / blog do Josias


Prêt-à-porter! 
6

Josias de Souza

Charge do Paixão, via 'Gazeta do Povo'.

Coluna de Augusto Nunes na Veja online / 23/05/2015


23/05/2015
 às 8:00 \ Opinião

Gabeira: Para onde vai esse trem? 

FERNANDO GABEIRA
Num texto endereçado a cineastas, Chris Marker citou uma frase de De Gaulle: às vezes os militares, exagerando a impotência relativa da inteligência, descuidam de se servir dela. Marker defendia filmes inteligentes contra o populismo de alguns pares. Creio que De Gaulle criticava a superestimação da força armada. Algo que ficou célebre na pergunta atribuída a Stalin: quantas divisões tem o papa?
A oposição brasileiro tem se descuidado de usar a inteligência não por valorizar a força armada, mas as possibilidades eleitorais. Quantos votos nos dará esse projeto? Foi assim com a derrubada do fator previdenciário. Nada mais agradável do que votar pelos aposentados e ao mesmo tempo ganhar um bom número de votos.
22/05/2015
 às 22:49 \ Opinião

Oliver: Estado Islâmico do Rio de Janeiro

VLADY OLIVER
É impressionante como a vontade de barbarizar chega rápido, como uma moda hedionda, nos quintais avariados do planeta. Inspirados na volta ao planeta dos macacos do Estado Islâmico, nossos próprios orangotangos já descobriram os prazeres mórbidos que proporcionam à patuleia incauta ao descer a faca nos pobres cariocas indefesos. E a claque que aplaude os imbecis que desgovernam aquelas paragens já decretou que a culpa das é facas, das bicicletas, do próprio médico abatido pela ferocidade. Só não foi responsabilizado o monstro que protagonizou a barbárie.
22/05/2015
 às 22:47 \ Opinião

Reynaldo Rocha: Se Levi sair, Dilma cairá

REYNALDO ROCHA
Não faço parte do time do “quanto pior, melhor”. Já fiz. Quando era petista (sim, confesso que fui), a torcida era pelo desastre que aceleraria a queda do “inimigo”. Celebrávamos a tragédia sofrida por terceiros desde que pudesse apressar a derrota de quem deveria ser somente adversário, mas se transformava em inimigo pela nossa visão distorcida. Foi essa uma das causas do meu afastamento. E da minha repulsa pelo que o PT hoje é.

O venerado Monte Fugi no Japão... // Fotos Estadão

O Monte Fugi é venerado pelos japoneses. É admirado por beleza, por pompa, por postura, por importância geográfica ... é ícone da população do Japão !



Monte Fuji com o topo coberto de neve







"Marcha da Liberdade" é ameaçada pelo '40° Ministério de Dilma', MST e suas divisões

sábado, maio 23, 2015

O grupo de manifestantes que caminha rumo a Brasília na Marcha da Liberdade terá segurança reforçada neste sábado, no trecho entre Abadiânia (GO) e Alexânia (GO). O motivo: a Polícia Rodoviária Federal recebeu o aviso de que o Movimento dos Sem Terra (MST) não permitiria que os manifestantes contrários ao governo seguissem pela BR-060.
Depois de negociar com representantes da PRF, os integrantes da marcha optaram por manter a caminhada. Eles serão escoltados por agentes da corporação e o policiamento na região ganhará reforço. A Marcha Pela Liberdade saiu de São Paulo em 24 de abril para pedir, dentre outras coisas, a abertura de processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff.
O grupo é vinculado às entidades que organizaram o gigantesco protesto de 15 de março. Quando os manifestantes passaram por Uberlândia (MG), um vereador petista afirmou que o MST iria receber "muito bem" os manifestantes. Daquela vez, a ameaça não foi cumprida. A Marcha Pela Liberdade vai chegar ao Congresso Nacional em 27 de maio. Do site da revista Veja

Mais do mesmo... Vídeo


PM REAGE À TENTATIVA DE ASSALTO E MATA DOIS BANDIDOS EM SÃO PAULO. VEJAM O VÍDEO.


Um policial militar à paisana reagiu a um assalto e matou a tiros dois ladrões que tentaram roubar seu carro na noite da última segunda-feira, dia 18, na Avenida Aratãs, em Moema, Zona Sul de São Paulo. Daniel Pereira Rocha, de 18 anos, e um adolescente, de 15, abordaram o policial, que estava estacionado. Ao deixar o veículo, o PM sacou sua pistola e atirou nos criminosos. Um terceiro bandido atirou contra o policial, mas não o atingiu.

As imagens registradas por uma câmera de segurança mostram que o adolescente infrator ainda tentou fugir, mas morreu poucos metros à frente. 

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o terceiro ladrão ainda não foi identificado. O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Do site da revista Veja

Um pouco de inocência é a atitude de Chico Buarque / blog de Reinaldo Azevedo



Se em meu ofício, ou arte severa,/ Vou labutando, na quietude/ Da noite, enquanto, à luz cantante/ De encapelada lua jazem/ Tantos amantes que entre os braços/ As próprias dores vão estreitando —/ Não é por pão, nem por ambição,/ Nem para em palcos de marfim/ Pavonear-me, trocando encantos,/ Mas pelo simples salário pago/ Pelo secreto coração deles. (Dylan Thomas — Tradução de Mário Faustino)
23/05/2015
 às 0:06

Chico Buarque, o guri que se fez o idiota político de Sérgio, faz proselitismo sobre a maioridade penal, chafurdando no sangue de inocentes!

Chico, o burguês da morte alheia, resolve adotar mais uma causa...
Chico Buarque, o burguês da morte alheia, resolve adotar mais uma causa…
Chico Buarque, o velhote de anteontem que pretende ser o eterno guri do pensamento politicamente correto, decidiu posar com uma camiseta contra a redução da maioridade penal de 18 para 16 anos (foto).
Pfui…
Já foi o tempo em que essa gente ditava a pauta. Hoje, no máximo, faz a cabeça dos que fazem um jornalismo que está fechando as portas porque decidiu virar as costas para a maioria do povo brasileiro.
Eu já me sinto meio velho e passadito até mesmo ao criticá-lo. Chico Buarque, parafraseando um amigo dele, quer “matar amanhã o velhote inimigo que morreu ontem”.
Em música, é bom. Em literatura, é uma piada. Em política, é patético.
Eu poderia ser simplista e dizer que é fácil viver em segurança em Paris — média de menos de um homicídio por 100 mil habitantes; no Rio, 33!!! — e ser contra a maioridade penal aos 16 no Brasil. A propósito: em terras francesas, onde mora o burguesote da morte alheia, um assassino pode ser responsabilizado já a partir dos 13 anos — ainda que não seja punido como adulto. Dos 16 aos 18, punir ou não como adulto fica por conta do juiz.
Esse idiota político resolve comer croissant lá para chafurdar no sangue da impunidade aqui. Sérgio Buarque — este, sim, um intelectual, ainda que de esquerda — não se orgulharia da irresponsabilidade do filhote. “Olha aí, é o meu guri, olha aí…”
Mas eu evito a crítica fácil do burguesote deslumbrado. Parece ressentimento; sempre sobra a suspeita de que eu gostaria de estar no lugar dele; de fazer as boas músicas que ele JÁ FEZ ou de escrever os péssimos romances que escreve, com a crítica sempre de quatro para suas facilidades literárias. Ele não sabe nem o que é o paralelismo sintático num período. É de dar vergonha.
Então deixo isso pra lá. A camiseta nada tem a ver com a sua boa vida de parisiense por empréstimo. Decorre apenas de sua preguiça, de sua desinformação, de seus preconceitos ideológicos. Outros, mais pobres e menos talentosos do que ele, pensam a mesma coisa. Porque igualmente ignorantes e mistificadores.
Chico tem de entrar na campanha que vou lançar: “Adote um menor assassino e faça dele um Rousseau”. Não que Rousseau fosse grande coisa. Eu lhe daria um chute no traseiro.
Por Reinaldo Azevedo

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Tiroteio no México fez 43 mortes... a maioria civís // El País Brasil


Tiroteio entre polícia do México e criminosos deixa 43 mortos

Confrontos ocorreram a poucos quilômetros de onde foi morto um candidato a prefeito

  • Enviar para Google +0
Tanhuato
Policiais em Tanhuato. / HECTOR GUERRERO (AFP)
Um confronto entre policiais e supostos criminosos deixou ao menos 43 mortos no Estado de Michoacán, no sul do México. Os ataques ocorreram no município de Tanhuato, a 450 quilômetros da capital mexicana e localizado no limite entre Michoacán e Jalisco, dois Estados que são fundamentais na estratégia de segurança do presidente Enrique Peña Nieto.

Entre os mortos estão pelo menos 41 civis e dois policiais federais, segundo uma fonte de segurança, que pediu anonimato. A troca de tiros começou na manhã desta sexta-feira. As informações oficiais indicam que um comboio da Polícia Federal mexicana foi atacado por um grupo armado.
O governador interino de Michoacán, Salvador Jara Guerrero, disse que há ainda cinco detidos e três feridos.
Michoacán é um dos Estados mais instáveis do México, mas a região onde aconteceu o ataque é ainda mais. É um território em disputa há pelo menos cinco anos, por sua localização estratégica para o tráfico de drogas. Está a poucos quilômetros de La Barca (Jalisco), onde foi encontrada uma das valas comuns mais numerosas do México: ao menos 67 mortos, a grande maioria ainda sem identificação. Tanhuato também é vizinha de Yurécuaro, onde o candidato a prefeito Enrique Hernández foi assassinado em pleno comício. O México terá eleições regionais em 7 de junho.
Tanhuato e Yurécuaro são dois municípios com o mesmo contexto. Enrique Hernández, um dos líderes das forças de autodefesa criadas em fevereiro de 2013 para se defender com armas do crime organizado, havia sido acusado no ano passado de assassinato do prefeito do Tanhuato, Gustavo Garibay, em abril de 2014. Hernández foi detido sem mandado judicial e afirmou à Comissão de Direitos Humanos de Michoacán que havia sido torturado para fazer uma confissão. Meses mais tarde foi solto por falta de provas que o relacionassem ao assassinato.
Apesar de a região de Tierra Caliente, em Michoacán, ter centralizado a atenção midiática desde o lançamento das forças de autodefesa, há mais de dois anos, a distância entre Tanhuato e Apatzingán, o epicentro de Tierra Caliente, é de quase quatro horas de carro. O assassinato mais grave ocorrido contra um militar no México, o vice-almirante Carlos Salazar, aconteceu também em um município distante do suposto foco central das autodefesas: em Churintzio, a 40 minutos de Tanhuato e também na estrada entre Jalisco e Michoacán.
O Gabinete de Segurança do México anunciou que determinou a mobilização de membros do Exército e da Marinha à região para restabelecer a segurança. O Governo mexicano ainda não informou sobre qualquer relato oficial a respeito dos fatos ocorridos nesta sexta-feira.