Postagem em destaque

Slow Motion Bossa Nova - Celso Fonseca & Ronaldo Bastos

Encante-se ...!

sábado, 6 de abril de 2013

Estupros e assaltos são motivos de preocupação e de alerta de turistas que viriam ao Brasil por eventos esportivos

Rio de Janeiro

França pede que turistas evitem transporte coletivo no Brasil

Nota no site da embaixada recomenda que franceses usem táxi e alerta para aumento dos casos de criminalidade, especialmente à noite

Site alerta para risco no transporte público brasileiro
Site alerta para risco no transporte público brasileiro (Reprodução Internet)
estupro da turista americana e o espancamento de seu namorado francês em uma van, na madrugada do último sábado, no Rio de Janeiro, levou a Embaixada da França a fazer um alerta a quem pretende visitar o Brasil. Em nota publicada no site da embaixada, o governo francês desaconselha o uso do transporte coletivo à noite, especialmente das vans, “devido a uma onda de assaltos e roubos”.
O aviso, que indica o uso de táxi na cidade, foi publicado na última quarta-feira. Um dia depois do alerta, um grupo de dez alemães que estava em uma van, na Estrada das Paineiras, foi assaltado. Os alemães, que chegaram no Rio quarta-feira, foram assaltados em seu primeiro passeio na cidade, quando pretendiam conhecer o Corcovado. 
Os dois crimes contra turistas, em seis dias, teve destaque no noticiário internacional. No primeiro episódio, a jovem americana e seu namorado foram mantidos presos na van, durante seis horas. Segundo as investigações, ela foi estuprada por Wallace Aparecido Souza Silva, 21 anos, Jonathan Froudakis de Souza, 19 anos, e Carlos Armando Costa dos Santos, 21. O namorado foi espancado pelo trio, que usou a chave de roda do veículo. Os três foram reconhecidos e estão presos na Delegacia Especial de Atendimento ao Turista (Deat).
LEIA TAMBÉM:

Governo de Portugal tem momento tortuoso em sua política de austeridade

Edição online do El País (foto D.R.)
Imprensa internacional destaca chumbos feitos pelo Tribunal Constitucional
Por Redação

A notícia do chumbo de quatro artigos do Orçamento do Estado por parte do Tribunal Constitucional foi destacada pela imprensa internacional, que vê esta decisão como uma posição contra a austeridade que tem marcado o País.

Na edição europeia do «Wall Street Journal» destaca-se que o «Tribunal português rejeita medidas de austeridade» no país, «um dos mais pobres da zona euro» e que «se tem afundado em recessão desde que começou a aplicar cortes na despesa e aumentos fiscais impostos pelos credores há dois anos». No site do Financial Times lê-se que «Tribunal de Portugal decide contra a austeridade», pondo em risco o Governo de coligação.

Em Espanha, o «El País» também destaca a decisão do TC, considerando a decisão do tribunal «um duro golpe para o Governo português», bem como o «El Mundo» e o «La Vanguardia». Em França, os sites do «Le Monde» e «Le Figaro» também noticiaram o chumbo do TC.

O Tribunal Constitucional chumbou ontem os artigos que determinavam o corte do subsídio de férias para o setor público, pensionistas e contratos de docência e investigação, bem como a criação de uma taxa sobre o subsídio de doença e desemprego.
14:25 - 06-04-2013

Do Blog Eu penso que... // Um telão informando os gastos dos royalties...

sábado, 6 de abril de 2013

OLHA SÓ QUE BOA IDEIA!


Que bom seria, que a gente tivesse na Praça São Salvador um Telão informando quanto de royalties entra por dia , e quanto e aonde é gasto!

Foto: Que bom seria, que agente tivesse na Praça São Salvador um Telão informando quanto de royalties entra por dia , e quanto e aonde é gasto!

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Google Glass está chegando e ameaça a liderança da Microsoft...


Microsoft terá concorrente do Google Glass em 2014, diz site

Por , de INFO Online
 
• Sexta-feira, 05 de abril de 2013 - 15h16
Divulgação
Google Glass (foto) deve chegar aos usuários até o final deste ano
São Paulo - O Google Glass ainda não foi lançado, mas o produto continua causando rumores no mercado de dispositivos móveis.
Tamanha popularidade vem levantando rumores entre os principais concorrentes do Google, entre eles a Microsoft, que correm contra o tempo para produzir sua própria tecnologia de realidade aumentada.
Em conversa com investidores, o analista Brian White, da consultoria Topeka Capital Markets, revelou que a Microsoft desenvolve seus próprios óculos conectados à internet e que deverão chegar ao mercado em 2014.
Além da Microsoft, empresas como a Apple, Samsung e LG também vêm desenvolvendo acessórios similares ao Google Glass.
Segundo o analista, os óculos Google Glass darão início a uma grande corrida em busca de dispositivos tecnológicos para vestir, os chamados “wearable devices”.
Já o Google Glass ainda está em fase de desenvolvimento. Segundo o cofundador do Google, Sergey Brin, os óculos da empresa devem chegar aos usuários finais somente ao final de 2013, quando a plataforma e o dispositivo estiverem mais consolidados.

Brasil avalia se vale a pena a permanência da representação diplomática na Coreia do Norte

05/04/2013 17h22 - Atualizado em 05/04/2013 19h49

Brasil vê ameaças da Coreia do Norte 



com 'preocupação', diz Patriota


Ministro diz que ainda avalia se mantém embaixador em Pyongyang.
Coreia do Norte disse a estrangeiros que só garante segurança até quarta.

Nathalia PassarinhoDo G1, em Brasília

tópicos:
O ministro de Relações Exteriores, Antonio Patriota, afirmou nesta sexta-feira (5) que o governo brasileiro está “preocupado” com as ameaças militares da Coreia do Norte. Ele disse que ainda avalia se mantém a representação diplomática brasileira na capital norte-coreana,Pyongyang.
"Sobre a questão da Coreia do Norte, obviamente nós seguimos com preocupação essa escalada retórica na península coreana e estamos em permanente contato com nosso embaixador Roberto Colin e avaliaremos quais são as condições exatamente antes de tomarmos uma decisão sobre a permanência dele ou alguma outra alternativa. E [estamos] em contato também com outras embaixadas em Pyongyang", disse o ministro após em entrevista no Itamaraty, após reunião com o Ministro dos Negócios Estrangeiros e da Justiça de Cingapura, K Shanmugam.
O ministro Antonio Patriota concede entrevista à imprensa ao lado do ministro da Justiça de Cingapura K Shanmugam (Foto: Ana de Oliveira/AIG/MRE)O chanceler Antonio Patriota em entrevista ao lado do ministro da Justiça de Cingapura, K Shanmugam
(Foto: Ana de Oliveira/AIG/MRE)










A embaixada do Brasil em Pyongyang recebeu nesta sexta um comunicado do governo local instruindo as representações diplomáticas a informarem sobre a necessidade de apoio logístico para a saída de seus funcionários do país, em meio ao crescimento da tensão militar entre Coreia do Norte e Estados Unidos.
O governo da Coreia do Norte disse que só poderia garantir a segurança das embaixadas e organizações internacionais no país até a próxima quarta-feira (10). De acordo com a Convenção de Viena, o país tem obrigação de proteger as missões diplomáticas em meio à crescente tensão militar na região.
O Itamaraty informou ter o conhecimento da presença de apenas seis brasileiros na Coreia do Norte atualmente. Dois são funcionários da embaixada – o embaixador Roberto Colin e um funcionário administrativo. Também estão no país a mulher e o filho de Colin. Os outros dois brasileiros são a mulher e o filho do embaixador da Palestina na Coreia do Norte.
O Reino Unido disse que o pedido norte-coreano de que os países retirem seus diplomatas da capital, Pyongyang, faz parte da "retórica" norte-coreana contra os EUA.
Já o porta-voz da chancelaria russa, Denis Samsonov, disse que a Rússia estava examinando o pedido, mas não planejava a retirada imediata, e que não havia sinais externos de tensão na cidade. A agência de notícias russa RIA afirmou, citando fontes diplomáticas, que as autoridades russas estão em contato com EUA, China e Coreia do Sul para avaliar a necessidade de retirada.
A tensão na região aumentou nas últimas semanas com as crescentes ameaças militares da Coreia do Norte - um fechado regime comunista liderado pelo jovem ditador Kim Jong-un, considerado "imprevisível" por analistas -,  dirigidas aos Estados Unidos e à Coreia do Sul.
Uma fonte sul-coreana afirmou que há indícios de que a Coreia do Norte estaria preparando um teste de mísseis, possibilidade que os EUA admitem.
mapa coreias 05.04 (Foto: Arte/G1)
Alemanha
Ao mesmo tempo, a Alemanha anunciou que convocou o embaixador da Coreia do Norte no país para esclarecimentos, mostrando "inquietação" com o desenrolar da crise.
"O embaixador da Coreia do Norte foi convocado por ordem do ministro das Relações Exteriores, Guido Westerwelle, ao ministério", afirmou o porta-voz da pasta, Andreas Peschke.
"Informamos claramente que a recente escalada da Coreia do Norte, tanto no tom como no conteúdo, não é aceitável para o governo alemão", disse Peschke.
Westerwelle aspira uma cooperação muito estreita com os sócios europeus e internacionais sobre a Coreia do Norte, completou, antes de lembrar que uma reunião dos ministros das Relações Exteriores dos países do G8 deve acontecer na próxima semana em Londres.
O ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un, durante reunião partidária em Pyongyang em 31 de março (Foto: AFP)O ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un, durante reunião partidária em Pyongyang em 31 de março (Foto: AFP)

Ossada encontrada em Minas pode ser de Eliza Samudio ex-amante de Bruno

http://www.sidneyrezende.com/noticia/204977+ossada+de+eliza+samudio+pode+ter+sido+localizada+em+minas+gerais

Ossada de Eliza Samudio pode ter sido localizada em Minas Gerais

Redação SRZD | Nacional | 05/04/2013 20h53
Foto: DivulgaçãoUma ossada encontrada no dia 30 de janeiro em Nova Serrana, no centro-oeste de Minas Gerais, pode pertencer à Eliza Samudio, modelo e ex-amante do goleiro Bruno, desaparecida desde junho de 2010.
O delegado que investiga o caso na cidade, Rodrigo Noronha, afirmou que as características do material encontrado são similares às da vítima. "Ela calçava 37 e o crânio apresentava sinais de golpe. E o que também chamou a atenção foi a ausência de alguns membros", disse ele.
Um exame de DNA que ficará pronto na próxima semana poderá confirmar ou não a hipótese.
Leia também:

quinta-feira, 4 de abril de 2013

Estudar de graça, de madrugada... sim senhor! // Gilberto Dimenstein


gilberto dimenstein

 

04/04/2013 - 09h02

Harvard e MIT criam universidade gratuita da madrugada

DE SÃO PAULO

O título dessa coluna, caro ouvinte, não tem um pingo de exagero.
Uma experiência que será apresentada hoje durante seminário de educação no Brasil mostra como Harvard e MIT estão revolucionando a educação no mundo. E já envolve 800 mil estudantes pelo planeta, muitos deles fazendo cursos de madrugada --isso mesmo, de madrugada.
A revolução está na experimentação de ensino a distância, na qual se reinventa o jeito como se ensina e como se aprende. Na visão dos responsáveis por essa plataforma (edX), num futuro breve, não haverá mais salas de aulas como as conhecemos.
Os alunos vão trabalhar em pequenos grupos e os professores, em vez de despejar conteúdos, serão tutores.
Pode-se aprender em qualquer hora e lugar. Isso mexe no sistema de diplomas, no tempo em que o estudante fica na universidade, nas notas, na forma de aferir conhecimento, na entrada no mercado de trabalho.
O responsável por esse projeto, o professor Anant Agarwal, me informa que boa parte dos 800 mil alunos fazem o curso de madrugada. Isso porque já têm mais de 25 anos e trabalham.
Os computadores ajudaram a medir com precisam o que o aluno aprendeu ou deixou de aprender. Os alunos, em fóruns, se ajudam mutuamente.
*
Leia aqui o detalhamento dessa experiência.
Gilberto Dimenstein
Gilberto Dimenstein ganhou os principais prêmios destinados a jornalistas e escritores. Integra uma incubadora de projetos de Harvard (Advanced Leadership Initiative). Desenvolve o Catraca Livre, eleito o melhor blog de cidadania em língua portuguesa pela Deutsche Welle. É morador da Vila Madalena.

O nível político da América Latina é trágico para não dizer cômico (com trocadilho)


04/04/2013 - 16h22

'A velha é pior que o vesgo', diz Mujica sobre Néstor e Cristina Kirchner

PUBLICIDADE
DE SÃO PAULO

O presidente do Uruguai, José Mujica, protagonizou nesta quinta-feira uma gafe ao criticar a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, sem perceber que o microfone estava ligado.
O incidente aconteceu antes de uma entrevista coletiva em Sarandí Grande, a 138 km de Montevidéu, que foi transmitida ao vivo pela internet pela Presidência uruguaia. Enquanto conversava com aliados, Mujica disse:
"Essa velha é pior que o vesgo", em referência ao marido de Cristina, Néstor Kirchner, que era estrábico. A frase ganhou rapidamente destaque nos sites de notícia do Uruguai e da Argentina, além das redes sociais.
O comentário foi feito enquanto o presidente conversava com os partidários políticos sobre as relações com os países vizinhos --Brasil e Argentina. Ele encerrou sua explicação com a comparação entre Néstor e Cristina.
Segundo o jornal argentino "El Observador", Mujica dizia que para conseguir qualquer coisa com a Argentina, era preciso dialogar antes com o Brasil. Ele disse ainda que Cristina é teimosa, e que o marido, morto em 2010, era mais político.
Questionado pelo jornal uruguaio "La República" sobre as declarações, Mujica disse que não falou sobre a Argentina na ocasião, apenas sobre o Brasil. "Não vou dar bola e nem atravessar o mundo para esclarecer nada. Inventem o que quiserem", afirmou.