Postagem em destaque

Slow Motion Bossa Nova - Celso Fonseca & Ronaldo Bastos

Encante-se ...!

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Planeta órfão passeia sem rumo pelo Cosmos


Universo »Astrônomos detectam planeta órfão a 100 anos-luz

Publicação: 15/11/2012 11:06 Atualização:
 (AFP)
Astrônomos baseados no Havaí e no Chile descobriram um planeta "órfão" vagando pelo espaço sem estar ligado à órbita de um astro, a cem anos-luz de distância da Terra. Os cientistas dizem que pesquisas recentes têm demonstrado que esse tipo de planeta pode existir com muito mais frequência no cosmos do que se pensava.

Eles também são conhecidos como planetas "interestelares" ou planetas "nômades" e têm sido definidos como objetos de massa planetária que foram expulsos dos seus sistemas ou nunca estiveram gravitacionalmente ligados a nenhuma estrela. Embora haja cada vez mais interesse dos astrônomos no assunto, exemplos de planetas "órfãos" são difíceis de serem encontrados, o que torna a recente descoberta mais importante.

O planeta, chamado de CFBDSIR2149-0403, é tema de um artigo que deve ser publicado no periódico científico Astronomia e Astrofísica. Mas até agora sabe-se muito pouco sobre a intrigante descoberta. Além de estimar sua distância da Terra, considerada muito pequena, os cientistas acreditam que o "órfão" seja relativamente "jovem", tendo entre 50 e 120 milhões de anos.

Estima-se que ele tenha temperatura de 400ºC e massa entre quatro a sete vezes a de Júpiter. Ainda que os astrônomos acreditem que os planetas "órfãos" sejam mais comuns do que se pensava, as teorias em torno da origem deste tipo de massa planetária que "vaga" pelo espaço ainda são intrigantes.

Acredita-se que eles possam se formar de duas maneiras: de forma semelhante aos planetas que estão conectados a astros, surgindo a partir de um disco de poeira cósmica e restos de massa, mas que, em vez de serem integrados a um sistema (assim como a Terra é parte do Sistema Solar, gravitando em torno do Sol), são expulsos da órbita de uma estrela.

A segunda explicação aponta que eles podem se formar como se fossem um astro, mas nunca chegam a atingir a massa total de um astro normal. De qualquer forma, eles acabam livres da atração gravitacional a uma estrela, vagando livremente pelo cosmos, o que torna sua identificação muito difícil.

Ataques à instituições continua e já mataram mais de 300 pessoas no Brasil


SP tem mais uma noite violenta e oito morrem baleados

Uma das vítimas é uma criança de 1 ano e 8 meses, atingida dentro de carro em São Bernardo do Campo, no ABC, durante um ataque a um casal

Agência Estado 
Agência Estado
Ao menos oito pessoas foram mortas e cinco feridas a tiros em mais uma noite de violência na Região Metropolitana de São Paulo. Uma das vítimas é uma criança de 1 ano e 8 meses, baleada e morta dentro do carro em São Bernardo do Campo, no ABC, durante um ataque a um casal.
Um ônibus foi alvo de incendiários e dois homens acabaram presos durante assalto a um bingo na zona leste da capital. Os crimes ocorreram num intervalo de apenas 10 horas, entre o início da noite de quinta-feira, 15, e as 4 horas desta sexta-feira. Desde as 21h de quarta-feira, a soma da violência na capital e nos demais municípios da Grande São Paulo chega a 16 mortos e 17 feridos.

Futura Press
Ônibus foi incendiado na Avenida Águia de Haia, na madrugada desta sexta-feira (16), em São Paulo (SP)

Um dos seis tiros disparados contra um veículo em São Bernardo do Campo, no ABC, na noite de quinta-feira matou uma criança de 1 ano e 8 meses de idade. Mesmo encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Demarchi, o menino Pedro Henrique, ferido no pescoço, não resistiu. A mãe e o padrasto da criança saíram ilesos. Quando foi atacado, o casal voltava para casa pela Estrada Galvão Bueno, no bairro Battistini, após fazer compras em um supermercado. O técnico em fibra ótica Jurandir Luís da Silva Filho, de 20 anos, padrasto de Pedro, estava ao volante do carro, um Celta preto, e era acompanhado também da esposa, mãe do menino.
Na altura do número 5.200 da mesma estrada, um veículo prata surgiu e o condutor passou a sinalizar, piscando os faróis. Pensando que fossem parentes ou conhecidos da família, Jurandir parou o carro. O veículo então passou ao lado do Celta, porém o motorista voltou pela contramão. O criminoso que estava no banco do passageiro atirou pelo menos seis vezes na direção do Celta. Um dos disparos atingiu Pedro Henrique. A dupla está foragida. O caso foi registrado no 3º Distrito Policial de São Bernardo do Campo.
Confundido
O segurança Jeones Ferreira da Silva, de 47 anos, foi morto a tiros, na noite de quinta-feira por dois homens numa moto na região de Guaianazes, na zona leste de São Paulo. A vítima teria sido confundida com policial militar segundo a polícia. Silva voltava para casa quando foi atacado na Avenida José Pinheiro Borges, altura da Rua Benedito Leite de Ávila. Ele trabalhava como auxiliar de merenda em uma escola pública, porém, nas horas vagas, fazia bico de segurança em uma farmácia. Em uma passagem sob um viaduto da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), ele foi abordado por dois homens, que surgiram em uma moto.
Os desconhecidos teriam perguntado se ele era policial militar antes de atirarem duas vezes. Mesmo a vítima tendo afirmado que não era da PM, foi atingida pelos bandidos na cabeça e no peito. O segurança ainda foi levado para o Hospital Geral de Guaianazes, mas não resistiu. A polícia acredita que os criminosos o confundiram com um policial por causa das botas que Silva trajava, muito parecida com às utilizadas pelos PMs. O crime foi registrado no 50º Distrito Policial, do Itaim Paulista.
Também na noite de quinta-feira um homem identificado como Gilberto Fábio dos Santos, de 34 anos, foi esfaqueado e morto, no final da noite, na região central de São Paulo. Ferido por desconhecidos em uma das ruas da região do Parque Dom Pedro II, Santos entrou correndo no terminal de ônibus e caiu em uma das plataformas. Uma Unidade de Suporte Avançado (USA) dos Bombeiros foi acionada por testemunhas, mas a vítima já estava morta quando a equipe de resgate chegou. Não se sabe em que circunstâncias Gilberto foi esfaqueado. Policiais do plantão do 8º Distrito Policial (Brás/Belém) não informaram se a vítima tinha ou não passagem pela polícia.
Na região do Campo Limpo, na zona sul de São Paulo, um homem morreu durante uma suposta troca de tiros com policiais militares da 4ª Companhia do 37º Batalhão dentro de uma escola pública. O tiroteio ocorreu no final da noite de quinta-feira, no Parque Arariba, no interior da Escola Municipal de Ensino Fundamental Paulo Colombo Pereira. O suspeito teria atirado contra uma viatura e, na tentativa de fugir dos PMs, invadiu o estabelecimento de ensino. Em razão do feriado, a escola estava vazia. Os PMs entraram no local atrás do suspeito, que reagiu à prisão e, na troca de tiros, foi baleado e morto. O caso foi registrado no 89º Distrito Policial, do Portal do Morumbi, e será investigado pelo DHPP.
Cabeleireiro morto
Um homem armado matou um cabeleireiro e feriu outras duas pessoas na região de Pirituba, na zona oeste de São Paulo, no início da noite de quinta-feira. O crime ocorreu no salão da vítima, montado na garagem da casa, no Jardim Santa Mônica. Segundo a polícia, um homem entrou no local e disparou pelo menos 10 vezes contra Juliano Barbosa do Nascimento, de 30 anos, fugindo em seguida. Nascimento morreu no local. Outros dois homens, de 24 e 28 anos, que também foram atingidos pelos tiros, foram internadas no pronto-socorro de Pirituba. Policiais militares chegaram rapidamente ao local, mas não conseguiram prender nenhum suspeito. O caso foi registrado no 33º Distrito Policial, de Pirituba, e será investigado pelo DHPP.
Na região do Parque São Jorge, na zona leste, um policial civil matou um assaltante ao ser atacado pelo criminoso na porta de casa, por volta das 21 horas de quinta-feira. O crime ocorreu na Rua Santo Elias. O policial foi abordado segundos após chegar em casa, com a mulher e a filha, em seu veículo, um Mitsubishi Pajero azul metálico. Quando desceu para abrir o portão, foi surpreendido dor dois desconhecidos armados, que anunciaram um assalto. Rapidamente o investigador sacou sua arma e reagiu, atirando contra um dos bandidos, que foi atingido na cabeça. O outro fugiu. O suspeito, ainda não identificado, com perda de massa encefálica, foi levado para o pronto-socorro do Tatuapé, onde morreu. O policial civil, sua mulher e a filha do casal não se feriram. O caso foi registrado no plantão do 10º Distrito Policial, da Penha, e será investigado pelo DHPP.
São Mateus e Campo Limpo
Um homem foi encontrado morto a tiros na região de São Mateus, na zona leste de São Paulo no final da noite de quinta-feira. Mário Sérgio Gerônimo, de 24 anos, foi encontrado pela PM caído na altura do número 637 da Avenida Riacho dos Machados. Segundo um investigador do 69º Distrito Policial, de Teotônio Vilella, Mário Sérgio foi baleado no rosto. A polícia acredita em crime motivado por acerto de contas, já que a vítima era usuária de drogas e havia deixado a cadeia há pouco tempo.
Em Campo Limpo, duas pessoas foram encontradas baleadas, por volta das 4 horas desta sexta-feira. Policiais militares do 37º Batalhão foram acionados por moradores que ouviram os disparos próximos da Rua Januário da Cunha Barbosa. Ao chegarem no local, encontraram as duas vítimas caídas em via pública. Ambas foram levadas para o pronto-socorro do Campo Limpo. O estado de saúde delas não foi informado.
Em Guarulhos, na Grande São Paulo, desconhecidos armados mataram uma pessoa e feriram outra no início da noite de quinta-feira. As vítimas foram atacadas quando chegavam em casa, na Rua Maria Espíndola, no bairro Santa Lídia. Dois homens surgiram de moto, atiraram e fugiram, sem roubar nada. Os dois feridos, ambos sem antecedente criminal, segundo a Polícia Civil, foram levados para o Hospital Geral de Guarulhos, onde um deles morreu. O caso foi registrado no 7º Distrito Policial de Guarulhos.
Prisão em bingo
Dois homens foram presos no final da noite de quinta-feira após assaltarem um bingo na região da Vila Ré, zona leste de São Paulo. O estabelecimento, localizado na esquina da Rua Itinguçu com a Rua Monte Sião, foi invadido pela dupla e dois comparsas. Segundo a PM, no momento do assalto, pelo 80 pessoas estavam no local. A jogatina só funciona, segundo os PMs, graças a uma liminar concedida pela justiça. Armados, os bandidos renderam funcionários e clientes, passando a recolher dinheiro e celulares. Um dos frequentadores conseguiu ligar para o 190.
Os policiais militares chegaram rapidamente ao local e tiveram o apoio do helicóptero Águia. Com a chegada das viaturas, dois dos suspeitos pularam pelos fundos do prédio para imóveis vizinhos e conseguiram fugir, sem levar nada. Os outros dois tentaram se misturar às vítimas, mas foram descobertos e presos. Com eles foi apreendido um revólver calibre 38 e um colete balístico. A dupla foi encaminhada ao 24º Distrito Policial, da Ponte Rasa, e autuada em flagrante. Segundo a Polícia Civil, que não quis informar a identificação dos assaltantes, um deles já tem passagem pela polícia, porém o crime antecedente também não foi revelado.

    Uma ideia que pode ser replicada...


    Procuradoria faz cadastro de traficantes em Mato Grosso

    Dados também verificam o índice de condenações

    MidiaNews
    Clique para ampliar 
    A ideia é conhecer os resultados da atuação do Ministério Público Estadual (MPE) no combate ao tráfico de entorpecentes
    DA REDAÇÃO
    A Procuradoria Especializada Criminal, em cumprimento ao Plano Antidrogas, criou um 'Cadastro' de acusados de tráfico de drogas. A ideia é conhecer os resultados da atuação do Ministério Público Estadual (MPE) no combate ao tráfico de entorpecentes.

    A partir da próxima semana, as informações constantes dos processos relacionados ao tema serão incluídas num programa desenvolvido pelo Departamento de Tecnologia da Informação (DTI) do Ministério Público.

    “Vamos medir, não apenas a quantidade de processo, mas, sobretudo, a eficácia da nossa atuação judicial. Até então, não possuíamos informações fidedignas a respeito dos bens, veículos, valores apreendidos com os traficantes, as relações dos acusados com agentes públicos, qual a maior incidência do tráfico por regiões ou por comarcas, o tipo e a quantidade de droga apreendida, os resultados de nossas ações etc.”, ressaltou o titular da Procuradoria Especializada Criminal, procurador de Justiça Mauro Viveiros.

    No cadastro, com a foto do acusado, terá informações sobre sua qualificação, cor, estado civil, escolaridade, renda em salários mínimos, idade, se é dependente, o tempo de consumo, tipo e quantidade da substância apreendida, bens confiscados, local da apreensão, os antecedentes do acusado, resultado do processo e outras. “Este cadastro possibilitará, ainda, a verificação do índice de condenações, absolvições e as causas dessas absolvições”, explicou Viveiros.

    Segundo ele, o cadastro dos acusados de tráfico faz parte de um amplo projeto de Gestão por Indicadores, desenvolvido pela Procuradoria Especializada Criminal. Até o momento, dos 100 indicadores elaborados,34 já foram revisados e estão em fase de implantação no SIMP - Sistema de Informações do Ministério Público.

    “Os indicadores são instrumentos de medição da produtividade nos serviços do MP, sendo uma importante ferramenta para a elaboração de diagnósticos e formulação do planejamento estratégico, voltada à correção de problemas, formulação de projetos e ações dirigidas para a obtenção de resultados”, disse.

    Conforme o procurador de Justiça, a falta de informações científicas sobre a atuação do Ministério Público é um problema que atinge todo o país. “Estamos desenvolvendo este projeto de gestão por indicadores há quatro anos. Após a inestimável orientação inicial da competente Consultora Esther Schaffer e de centenas de reuniões de trabalho com a nossa Assessora Jurídica Georgina de Fátima M. Guidio e os valorosos funcionários do Departamento de Tecnologia da Informação, conseguimos agora viabilizá-lo. Esse projeto, inédito no Brasil, poderá ser em breve disponibilizado para todo o Ministério Público Brasileiro”, afirmou.

    quinta-feira, 15 de novembro de 2012

    Já Somos uma re(s)pública? // Pasquale Cipro Neto


    pasquale cipro neto

     

    15/11/2012 - 03h00

    Já somos uma re(s)pública?


    O feriadão desta vez foi gordo, gordíssimo. E hoje, na ponta inicial do feriadão, o que é mesmo que se comemora? A proclamação da República, ou seja, nossa passagem de império a república. Sei que para muita gente o sonho dourado ainda é uma ditadura, qualquer que seja (com um imperador ou rei, um general, um Médici, um Castro, ou qualquer dessas coisas), pusilânime como qualquer, qualquer ditadura (de direita, de esquerda, de centro --ou de nada, como, aliás, as ditaduras soem ser), em que os delírios do ditador de turno são a lei.
    Pois bem. Malgrado a vontade de muita gente, o Brasil, ao menos no nome e no papel, é uma república. O ideal mesmo seria termos, literalmente, uma república, ou seja, uma "res publica", expressão latina que dá origem à palavra "república" e que significa "coisa pública". A república é república justamente porque nela o que está acima de tudo não é a vontade, a opinião ou o credo do ditador de plantão, mas o interesse público. Por acaso não é esse o cerne do que julga o Supremo neste momento? O famigerado mensalão não foi a apropriação de dinheiro público para fins partidários, pessoais etc., etc., etc.?
    O caro leitor já ouviu, por exemplo, alguém elogiar a "postura republicana" de determinada autoridade (o/a presidente da República, por exemplo) na condução de determinada questão? O que significa esse elogio? O que se elogia é a atitude da autoridade que põe em primeiro plano o interesse público, e não o pessoal ou partidário, por exemplo.
    Há oito anos, escrevi sobre o tema "res publica" neste espaço. Tomando por base o significado literal de "república", abordei alguns fatos da época e concluí que ainda estávamos longe do que realmente é uma república. E hoje? A situação mudou? A nação brasileira já sabe diferenciar o público do privado e sobrepõe aquele a este? Nosso espírito já é definitivamente republicano?
    Não vou entrar nessa discussão, não, caro leitor. Pense e conclua. Eu só queria levantar a lebre a partir do que é precípuo na minha função (comentar e analisar fatos da língua). Permito-me lembrar-lhe o que dizia o grande educador Paulo Freire: "A leitura do mundo precede a da palavra". No caso específico do que estamos abordando, eu diria que é possível fazer os dois percursos, e isso certamente fica mais claro e mais funcional quando se sabe "ler", por exemplo, uma palavra como "república", que, em seus empregos formais, ainda significa o que nos ensina a etimologia (parte dos estudos linguísticos que se ocupa da origem e da evolução das palavras).
    É preciso tomar cuidado com os falsos encantos da etimologia. Há muito chute por aí. Obras sérias (como o "Houaiss", por exemplo) são claras quando é clara a origem da palavra; quando não é, nada de tiro para qualquer lado ("origem obscura" é o que se diz quando não há documentação suficiente).
    O desmonte cirúrgico da palavra e a associação de seus elementos mórficos com os de outras palavras podem aumentar a intensidade da absorção do que se lê. Se tudo isso for precedido pela leitura do mundo e associado a ela, pode-se começar a pensar na concretização da função (ou das funções) da leitura, do estudo, do aprendizado. O caso de república é só um exemplo, um ótimo exemplo, não lhe parece?
    Depois disso, não se torna mais interessante saber por que o Brasil é uma república? E por que nosso país se chama República Federativa do Brasil? Epa! O que é "federativa", que é da família de "federação", "confederação" etc.? Agora é sua vez. Vá em frente. É isso.
    Pasquale Cipro Neto
    Pasquale Cipro Neto é professor de português desde 1975. Colaborador da Folha desde 1989, é o idealizador e apresentador do programa "Nossa Língua Portuguesa" e autor de várias obras didáticas e paradidáticas. Escreve às quintas na versão impressa de "Cotidiano".

      Neymar é autor do gol mais bonito de 2012


      5/11/2012 12h34 - Atualizado em 15/11/2012 13h09

      Neymar derrota Messi e é escolhido o autor do gol mais 


      bonito de 2012


      Com um golaço marcado na vitória do Santos sobre o Internacional por 3 a 1, craque do Peixe recebeu 60,67% dos votos na enquete do "Arena"

      Por SporTV.comSão Paulo
      80 comentários


      Com um golaço marcado na vitória do Santos sobre o Internacional por 3 a 1 em março deste ano, Neymar derrotou Messina briga pelo gol mais bonito, em enquete realizada pelo programa "Arena SporTV". O craque do Peixe recebeu 60,67% dos votos dos internautas na enquete do"Arena".
      Na última quarta-feira, a FIFA anunciou a relação dos dez concorrentes ao Prêmio Puskas, que escolhe o gol mais bonito do ano. Vencedor da premiação no ano passado, Neymar vai disputar o bicampeonato com outros nove concorrentes, entre eles o argentino Lionel Messi. O atacante, que marcou três vezes contra o Brasil em um amistoso realizado em junho deste ano, concorre com o terceiro gol que fez no confronto. O atacante do Barcelona recebeu 39,33% votos na enquete do programa e perdeu para o brasileiro
      Neymar e Messi na partida do Brasil contra a Argentina (Foto: Mowa Press)Neymar e Messi na partida do Brasil contra a Argentina (Foto: Mowa Press)

      Chegou a vez do interior de SP conhecer a violência da estupidez humana


      Onda de violência chega a oito cidades do interior de São 



      Paulo


      A capital paulista teve a noite mais violenta da semana. No interior do estado, os bandidos queimaram carros, ônibus e um caminhão.

      Fábio Turci e Cristina MaiaSão Paulo e Leme, SP

      São Paulo teve a madrugada mais violenta da semana. Dessa vez, a criminalidade atingiu a capital e oito cidades do interior. Só em Araraquara, cinco pessoas foram executadas. Na capital, seis pessoas foram mortas e 18 ficaram feridas em ataques. Entre os baleados, há três policiais.
      Em Grajaú, na zona sul de São Paulo, o barulho dos tiros despertou moradores. Três pessoas foram baleadas e duas delas morreram. Em outros pontos da cidade, os policiais que estavam entre os alvos de criminosos sobreviveram.
      Acompanhe o Jornal Hoje também pelo twitter e pelo facebook.
      O PM Carlos Henrique da Silva foi baleado, às 3hs, em um bar em Americanópolis, na zona sul da cidadea. O tiro acertou o ombro do policial, que foi socorrido e está fora de perigo. Ele contou que estava no bar, com alguns amigos, quando um carro com dois homens parou em frente. Ele achou que os dois quisessem alguma informação e foi na direção deles. Foi quando um dos homens atirou. Os criminosos foram presos minutos depois.
      Ainda na zona sul, no bairro de Pedreira, o policial civil Tarcísio Marcelino de Souza tinha acabado de sair do trabalho quando foi abordado por dois homens armados em uma moto. O investigador reagiu e foi baleado. Os bandidos fugiram.
      Já o soldado da PM Marcelo Gregório foi atacado em uma pizzaria na Penha, zona leste. Dois criminosos atiraram e o policial, que estava de folga, reagiu. Ele e um cliente ficaram feridos. Os criminosos também fugiram.
      Violência no interior
      A violência também atingiu oito cidades do interior paulista. Os bandidos queimaram carros, ônibus e um caminhão. Duas salas de uma creche foram incendiadas. Um dos ataques foi a uma base da Guarda Municipal de Leme, a 190 quilômetros da capital. Os bandidos atearam fogo e toda a fachada ficou queimada.
      Na região de Jundiaí, os bandidos colocaram fogo em dois ônibus e na moto de um policial militar, que estava parada do lado de fora do Batalhão. O fogo atingiu postes de iluminação e deixou moradores sem energia elétrica por três horas.
      O caso mais violento foi registrado em Araraquara, a 270 quilômetros da capital. Cinco pessoas foram mortas a tiros e, segundo a polícia, todas a mortes têm características de execução. Homens que estavam em um carro cinza passaram atirando. Um casal morreu dentro de uma pastelaria, na frente do filho de 17 anos. A polícia acredita que alguns dos ataques foram uma represália a um confronto entre policiais e assaltantes de uma distribuidora de alimentos. Um bandido morreu.
      Na quarta-feira (14), a polícia de São Paulo prendeu Leandro Rafael Pereira da Silva, conhecido como Léo Gordo, e Wellington Viana Alves, conhecido como Baré. Segundo as investigações, eles são suspeitos de participação nas mortes de dois PMs na capital e tinham dez dias pra matar cinco policiais.
      Escutas telefônicas indicam que Léo Gordo estava recrutando homens para esses crimes. “Nós conseguimos prender quem dava as ordens, quem determinava quantos e quais policiais seriam mortos. A segunda etapa agora é prender esses executores”, explica o delegado Celso Marchiori.
      O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, falou sobre o combate a violência: “A partir de três a quatro dias, começam as chamadas operações de contenção, para evitar a entrada de drogas e armas no estado. São 14 pontos estratégicos, que foram estabelecidos pela inteligência da Polícia Civil e Polícia Federal”.

      "Emoções intempestivas" dominam um ponto do planeta que nunca esteve em paz...


      Israel divulga vídeo de ataque que matou líder do Hamas

      Imagem mostra carro de Ahmed Al-Jabari sendo monitorado por militares e atingido por bombardeio em Gaza

      BBC Brasil 
        BBC
      O governo de Israel divulgou imagens da operação que matou na quarta-feira o principal líder militar do Hamas, em Gaza. O vídeo aéreo mostra o carro de Ahmed Said al-Jabari sendo monitorado pelos militares. Poucos segundos depois, o carro é atingido por um bombardeio.
      Al-Jabari, de 46 anos, morreu na hora. A porta-voz do Exército de Israel disse que a ação militar foi uma resposta a uma onda de mísseis disparados pelo Hamas contra cidades israelenses. Os ataques teriam sido feitos a partir de Gaza.
      Já o Hamas reagiu com palavras duras e promessa de vingança. O porta-voz do grupo afirmou que o país inimigo vai pagar um preço caro pelo assassinato de al-Jabari.
      Veja o vídeo:
      <object width="512" height="400"><param name="movie" value="http://www.bbc.co.uk/emp/external/player.swf"></param><param name="allowFullScreen" value="true"></param><param name="allowScriptAccess" value="always"></param><param name="FlashVars" value="config_settings_language=pt&config_settings_displayMode=video&config_settings_showPopoutButton=false&playlist=http%3A%2F%2Fwww%2Ebbc%2Eco%2Euk%2Fportuguese%2Fmeta%2Fdps%2F2012%2F11%2Femp%2F121115%5Fgaza%5Fjabari%5Fdg%2Eemp%2Exml&config_settings_showFooter=true&"></param><embed src="http://www.bbc.co.uk/emp/external/player.swf" type="application/x-shockwave-flash" allowfullscreen="true" allowScriptAccess="always" width="512" height="400" FlashVars="config_settings_language=pt&config_settings_displayMode=video&config_settings_showPopoutButton=false&playlist=http%3A%2F%2Fwww%2Ebbc%2Eco%2Euk%2Fportuguese%2Fmeta%2Fdps%2F2012%2F11%2Femp%2F121115%5Fgaza%5Fjabari%5Fdg%2Eemp%2Exml&config_settings_showFooter=true&"></embed></object>

      Walmart usa normas anticorrupção em seus mercados estrangeiros como Brasil, China, Índia, México depois de denúncias de violações de seus funcionários...

      http://extra.globo.com/noticias/brasil/comando-do-walmart-confirma-investigacao-sobre-corrupcao-no-brasil-6743428.html#axzz2CK8Oyur4


      Comando do Walmart confirma investigação sobre 


      corrupção no Brasil


      Reuters

      A direção do Walmart nos Estados Unidos confirmou hoje, em comunicado ao mercado, que a empresa começou a conduzir uma revisão mundial de suas políticas, práticas e controles internos para cumprimento de regras anti-corrupção. E o Walmart no Brasil faz parte dessa investigação, baseada em denúncias de desvios de conduta.
      A informação já havia sido comentada no mercado cerca de cinco meses atrás, quando um congressista americano comentou com a imprensa nos EUA a existência de uma investigação em alguns países, como o Brasil. O Valor publicou em junho a notícia sobre a apuração em andamento no país.
      A empresa relatou que, nos últimos 18 meses, gastou mais de US$ 35 milhões em medidas para colocar as suas operações no exterior dentro de normas anti-corrupção defendidas pela rede.
      "Nós temos inquéritos ou investigações sobre denúncias de violações da FCPA [conjunto de normas anticorrupção nas operações no exterior] potenciais em um número de mercados estrangeiros onde atuamos incluindo, mas não limitado a Brasil, China e Índia", informou no comunicado David Tovar, porta-voz da rede. "Isto é, para além da investigação em curso no México."
      "A empresa tem feito melhorias em seus programas de conformidade em todo o mundo e tem tomado uma série de ações específicas e concretas com relação aos nossos processos, procedimentos e pessoas", e continua: "Desde a implementação da revisão global e os avançados programas de anti-corrupção de conformidade, a empresa tem identificado ou sido informada de alegações adicionais sobre possíveis violações da FCPA".
      A empresa explica que quando alegações são relatados ou identificados, juntamente com consultores terceirizados, são feitas consultas de conduta e, quando justificado, são abertas investigações.
      "Como essas questões estão atualmente sob revisão, seria inapropriado fazer mais comentários sobre as acusações, até que tenhamos concluído as investigações", explica.
      "Nós levamos o cumprimento da FCPA muito a sério e estamos empenhados em ter um programa de conformidade global, forte e eficaz em todos os países em que operamos. Nós não vamos tolerar descumprimento em qualquer lugar ou em qualquer nível da empresa. Estamos trabalhando diligentemente para fortalecer nossos programas de compliance e dedicar recursos consideráveis para esse esforço ", informa o comunicado.
      (Adriana Mattos | Valor)



      Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/brasil/comando-do-walmart-confirma-investigacao-sobre-corrupcao-no-brasil-6743428.html#ixzz2CK8X1hE7

      As lutas do octógono tem atração fora da arena...

      Denise Rocha, o furacão da CPI do Cachoeira, se exibe por fora dos octógonos das lutas do MMA


      'Furacão da CPI' exibe corpão em sua estreia como ring girl em Maceió Foto: Divulgação
      Nilton Carauta

      A advogada Denise Rocha, conhecida popularmente como "Furacão da CPI" por sua participação na CPI do caso Cachoeira, fez sua estreia nesta quarta-feira como ring girl do Coliseu Extreme Fight, em Maceió.
      “Estou acostumada a este universo. Fiz três anos de aulas de boxe e um ano de Muay Thai”, conta a beldade, que se diz de queixo caído com os lutadores brasileiros. “Meus preferidos são Vitor Belfort, Anderson Silva e Rodrigo Minotauro”, afirma.
      Capa da “Playboy” de setembro, Denise apoia a implementação do esporte para as mulheres: “Tenho certeza que nossas meninas vão fazer bonito”.



      Leia mais: http://extra.globo.com/famosos/furacao-da-cpi-exibe-corpao-em-sua-estreia-como-ring-girl-em-maceio-6742687.html#ixzz2CK1Jbs4w