Postagem em destaque

Slow Motion Bossa Nova - Celso Fonseca & Ronaldo Bastos

Encante-se ...!

sábado, 1 de outubro de 2011

Aeroporto de Belo Horizonte em obras de melhoramentos

As obras de modernização e de ampliação do Aeroporto de Belo Horizonte começaram e prometem ser terminadas antes do início da Copa do Mundo de Futebol de 2014 

http://www.copa2014.org.br/noticias/8150/INFRAERO+INICIA+OBRAS+NO+TERMINAL+DE+PASSAGEIROS+DE+CONFINS.html

O Pré- Olímpico de Basquete Feminino termina hoje



Ontem, o Brasil ganhou de Cuba por 66X53 e a Argentina venceu o Canadá por 61X59 e as duas seleções, por isso, vão jogar a final do Torneio de Neiva, na Colômbia. A equipe vencedora garante vaga nas Olimpíadas de Londres. 
Pelas atuações das duas ganhadores dos jogos de ontem o Brasil tem certa vantagem técnica e mostra jogadoras com mais experiência em jogos internacionais. Ocorre, como sempre em jogos de finais, que essas vantagens desaparecem quando se luta por uma vaga olímpica. 
Três TV's irão mostrar a final e o jogo da medalha de bronze entre Canadá e Cuba: ESPN, SporTV, Band Sport.  Os horários serão 20h para a disputa do 3* lugar e  o jogo final às 22h e 15min. 

Twitter «revela» que o nosso humor é melhor de manhã > Tecnologia > TVI24

Twitter «revela» que o nosso humor é melhor de manhã > Tecnologia > TVI24:

As reuniões da Câmara Municipal de Campos deveriam ser programadas para as manhãs...
Haveria melhor proveito de projetos, de coroações, de entendimento entre os pares

'via Blog this'

Fogo, sexo e bocejos — Instituto Ciência Hoje

Mais um prêmio do IgNobel... Ele vai para o ...

Paródia do prêmio Nobel, o Ig Nobel, mantém a tradição e premia estudos inusitados, estranhos e óbvios. Destaque para um alarme de incêndio a base de raiz-forte, o (não) bocejo dos jabutis e o acasalamento de certo besouro com certa garrafa de cerveja.


Fogo, sexo e bocejos — Instituto Ciência Hoje:

'via Blog this'

Um estudo que pode ajudar administradores municipais

http://www.gazetadopovo.com.br/vidaecidadania/retratosparana/conteudo.phtml?tl=1&id=1174515&tit=Uma-riqueza-pouco-compartilhada

http://www.gazetadopovo.com.br/vidaecidadania/retratosparana/indicadores/

http://www.gazetadopovo.com.br/vidaecidadania/retratosparana/

http://www.gazetadopovo.com.br/vidaecidadania/retratosparana/conteudo.phtml?tl=1&id=1173168&tit=Rumo-a-desconcentracao

Justiça devolve cargo a prefeita Rosinha...

http://odia.terra.com.br/portal/rio/html/2011/9/rosinha_consegue_liminar_para_reassumir_prefeitura_de_campos_196164.html
Em uma tarde-noite digna dos piores momentos da política goitacá, em que a cidade viveu durante três dias de desencontrados despachos - de juízes e juízas togados - e com impulsos espetaculares e dramáticos  de exibição de falta de lhaneza entre parentes, de pares e ímpares da vereança, de perturbados e inabilitados engajados ou agregados de facção ficou para o campista a prova de que existe uma clara possibilidade de fazer algo melhor do que se tem mostrado à sociedade de Campos.
Com os fatos arrolados em TV's, blogs, jornais e rádios da cidade e os depoimentos dos envolvidos no triste  espetáculo, essa reunião  de pobreza de civilidade, pode merecer ser incluído no IgNobel do próximo ano...
Pra quem não sabe o que é o prêmio IgNobel o vídeo - acima - lembra um dos premiados se esforçando para ser aprovado no concurso. Vou postar a ação do prefeito de Vilnius, Lituânia que ganhou um IgNobel

Pan-Americano de Guadalajara começa dia 14 de outubro

http://esportes.r7.com/esportes-olimpicos/agenda/

Os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara vão começar no dia 14 de outubro, sexta-feira... As 22 horas começa a transmissão pela Record. 
Clique no link que inicia o post, escolha que esporte deseja ver e a programação de sua preferência

Ig Nobel premia prefeito que esmagou carro com um tanque - NE10

Ig Nobel premia prefeito que esmagou carro com um tanque - NE10:

Prêmio IgNobel é um prêmio dado para a descoberta científica mais estranha do ano...(.Wikipedia) 

O prefeito de Vilna, Lituânia ganhou prêmio IgNobel por sua atitude inovadora e bizarra, e de estranheza de administrador municipal...

'via Blog this'
http://youtu.be/j_wu19NA4yo
Neste link você verá a cerimônia de entrega dos prêmios e seus premiados. O vídeo tem mais de duas horas!

Linguee, novo tradutor ...

Tradutor que ajuda ensinar inglês...
http://olhardigital.uol.com.br/produtos/central_de_videos/linguee_te_ajuda_a_aprender_ingles_gratuitamente#|0|0|1|99

Cinco cabeças sem corpos...

http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2011/09/110928_mexico_cabecas_pai.shtml

"Desde 2006, quando o governo do México iniciou uma ofensiva contra cartéis, ao menos 41 mil pessoas morreram em episódios de violência relacionados ao narcotráfico, segundo cálculos divulgados pela agência France Presse..." 
O México tem sofrido uma espécie de guerra entre o Estado e o narcotráfico...

Fotos panorâmicas por menos de 6 dólares...


"Um timer de cozinha, um parafuso e uma broca. Foi com estes simples adereços que o blogueiro Getaway criou fotografias panorâmicas numa experiência compartilhada em sua página na internet com direito a vídeo explicativo e tudo..."
http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2011/09/fotografia-panoramica-ferramenta-para-criar-time-lapse-custa-menos-de-6-dolares.html

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Daqui a pouco: Brasil X Cuba na TV

SporTV e ESPN vão mostrar o jogo das meninas 


Eu penso que...: Procurador anuncia que saiu liminar do TRE a favor...

Eu penso que...: Procurador anuncia que saiu liminar do TRE a favor...: Está no Blog do procurador Francisco de Assis: O TRE concedeu a liminar para o retorno da Prefeita Rosinha Garotinho. Maiores detalhes...

Eu penso que...: NAHIM JÁ PRESTOU JURAMENTO

Eu penso que...: NAHIM JÁ PRESTOU JURAMENTO: MATOSO DECLARA NAHIM EMPOSSADO PREFEITO DE CAMPOS E ENCERRA A SESSÃO.

Estou Procurando o que Fazer...: Policia Militar acaba de entrar na Câmara

Estou Procurando o que Fazer...: Policia Militar acaba de entrar na Câmara: Nahim já tomou posse e é o prefeito. Rogério é o novo presidente da Câmara. Os dois já deixaram o plenário.

Fernando Leite & Outros Quintais: CÂMARA VIRA PRAÇA DE GUERRA

Fernando Leite & Outros Quintais: CÂMARA VIRA PRAÇA DE GUERRA: Depois de ter dado posse a Rogério Matoso como presidente da Câmara, o prefeito interino de Campos, Nelson Nahim foi brutalmente interrompi...

Hoje basquete feminino na TV: Brasil versus Cuba

Hoje a seleção de basquete feminino do Brasil enfrenta Cuba pela semifinal do Pré-Olímpico. O jogo será às 8h e 15min (hora da Colômbia). No horário de Brasília será às 22h e 15min. 
Antes Argentina e Canadá fazem uma disputa para chegar à final da competição que vai eleger um lugar para o basquete sul-americano na Olimpíada de Londres.
SporTV e ESPN mostram a partida.

Delitos de cuello verde

Delitos de cuello verde


www.desdecuba.com/generaciony
A narrativa de Yoany Sanchez lembra um pouco do Brasil que conhecemos...

"El más reciente episodio de la podredumbre moral en el sector empresarial, está relacionado con el publicitado cable de fibra óptica que nos enlaza con Venezuela.  Anunciado desde 2008, sólo llegó a nuestras costas en febrero de este año, bajo la mirada ansiosa de 11 millones de ciudadanos que sueñan con poder conectarse masivamente a Internet. Después de varias postergaciones, se había señalado el pasado mes de julio como fecha para que comenzara a funcionar. Entre rumores callejeros, despachos de agencias extranjeras y testimonios de trabajadores de la única empresa de telefonía permitida en el país, hemos sabido que el cable es un fracaso..."

Amazon apresenta tablet Fire de 199 dólares

http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI5383363-EI12882,00-Veja%20as%20primeiras%20impressoes%20do%20novo%20tablet%20da%20Amazon.html

Lá como cá, a escola pede socorro ...


http://www.lanacion.com.ar/1409946-su-hijo-venia-con-problemas-importantes-de-conducta-dijo-el-director-de-escuela-agredido
Retiro do blog de Reinaldo Azevedo um trecho da entrevista que o filósofo Roger Scruton deu a revista Veja...

O filósofo inglês Roger Scruton, de 67 anos, é presença constante nos debates realizados em seu país quando é preciso ter na mesa um pensador independente e corajoso. Autor de 42 livros de ensaios, Scruton é uma pedra no sapato da ideologia politicamente correta que predomina bovinamente na Europa. Multiculturalismo? Um desastre. A arte moderna? Detestável, e por aí vai o filósofo, que lecionou nas universidades de Oxford, na Inglaterra, e Boston, nos Estados Unidos, e atraiu para si o cognome de “defensor do indefensável”. Um dos fundadores do Conservative Action Group, que ajudou a eleger a primeira-ministra Margaret Thatcher. Scruton publicou recentemente um novo livro, “As Vantagens do Pessimismo”, ainda sem previsão de lançamento no Brasil.
VEJA - Um bom número de intelectuais ingleses interpretou a onda de vandalismo em Londres e arredores como atos de jovens niilistas sem maiores repercussões. O senhor concorda?
Scruton -
 Acho essa explicação muito simplista. Muitos desses desordeiros são realmente niilistas, que não acreditam em nada e não se identificam com nenhuma instituição, crença ou tradição capaz de fazer florescer em cada um deles o senso de responsabilidade e o respeito pelo próximo. Alguns não têm emprego. Mas, na maior parte dos casos, eles agiram por uma escolha deliberada. Desemprego e niilismo sempre existiram. Ninguém mencionou como uma das causas da baderna a deformação causada nesses jovens pelas políticas do estado do bem-estar social. Diversos estudos mostram com clareza a vinculação desses programas assistencialistas com a proliferação de uma classe baixa ressentida, raivosa e dependente. Não quero ser leviano e culpar apenas as políticas socialistas pelos tumultos. As pessoas promovem arruaças por inúmeras razões. Entre os jovens, a revolta é uma condição inerente, um padrão de comportamento. Mas é preciso um pouco mais de honestidade intelectual para buscar uma resposta mais concreta sobre o que ocorreu em Londres. Por debaixo do verniz civilizatório, todo homem tem dentro de si um animal à espreita. Infelizmente, se esse verniz for arrancado, o animal vai mostrar a sua cara. A promessa de concessão de direitos sem a obrigatoriedade de deveres e de recompensas sem méritos foi o que arrancou o verniz nessa recente eclosão de episódios de vandalismo na Inglaterra.
VEJA - Os distúrbios em Londres e os protestos no Cairo, em Atenas, em Madri e em Tel-Aviv são um mesmo “grito dos excluídos”?
Scruton -
 Sou cético em relação à idéia de que os protestos que eclodiram em diversos pontos do mundo têm a ver com exclusão, com o suposto aumento no número de pobres ou com concentração de renda. Os baderneiros de Londres são, pelos padrões do século XVIII, ricos. Desculpe-me, mas é resultado de exclusão depredar uma cidade porque você tem só um carro, um apartamento pequeno pelo qual não pagar aluguel, recebe mesada do governo sem ter de fazer nada para embolsá-la, compra três cervejas, mas gostaria de beber quatro, e acha que ter apenas um televisor em casa é pouco? Não. Ver exclusão nesses episódios só faz sentido na cabeça de um professor de sociologia. É um absurdo também comparar os tumultos de Londres com os eventos no Oriente Médio. Os jovens do Egito exigiam algo do governo. Os jovens ingleses não dão a mínima para o governo ou para as instituições.
(…)

Leia a íntegra da entrevista na edição impressa da revista. Vale a pena.
Por Reinaldo Azevedo

Chavez declara estar 'bien' ...

O presidente da Venezuela diz pela TV que seu estado de saúde está em progresso e cedo os venezuelanos o verão sadio... Os rumores de que seu estado de saúde está abalado só interessa aos seus adversários.
Tudo isso mais parece um jogo de contrainformação...

http://www.elnuevoherald.com/2011/09/29/1034306/chavez-declara-a-tv-estatal.html

Mano Menezes, Ricardo Gomes e demais treinadores, leiam e cuidem-se



CIÊNCIA | 24.09.2011

Demissão de futebolista chama a atenção para a síndrome de Burnout

 

Após o pedido de demissão do técnico Ralf Rangnick, do Schalke, o distúrbio voltou às manchetes na Alemanha. Cada vez mais esportistas e celebridades tornam público seu esgotamento físico e mental.

 
A síndrome de Burnout  (em inglês "queimado") voltou às manchetes na Alemanha esta semana devido ao pedido de demissão do técnico do Schalke, Ralf Rangnick, que aos 53 anos disse que, em seu atual estado, não conseguiria mais contribuir para o bom desempenho da equipe. A doença caracteriza-se por um estado de esgotamento emocional, físico e mental.
Rangnick, no entanto, não é a única celebridade alemã a abandonar temporariamente a carreira alegando esgotamento.
Duo voltou após burnout de músico Peter PlateDuo voltou após burnout do músico Peter PlateDepois de quase três anos de pausa devido ao Burnout do músico Peter Plate, o duo de pop rock berlinense Rosenstolz voltou aos charts alemães esta semana com o novo álbumWir sind am Leben (Nós estamos vivos).
Em 2010, Jan Ullrich, único alemão vencedor da principal prova de ciclismo mundial, o Tour de France, retirou-se para um isolamento voluntário que durou vários meses, sob a alegação de Bornout. Somente em agosto deste ano ele voltou a pedalar profissionalmente.
Burnout no esporte
A opinião pública alemã tomou conhecimento do fenômeno do Burnout no esporte em abril de 2004, quando o ex-saltador de esqui Sven Hannawald reconheceu abertamente seu esgotamento mental, afastando-se das competições esportivas. Um ano antes, Hannawald havia atingido o ápice de sua carreira profissional.
Desde então, cada vez mais esportistas se arriscam a tornar públicos seus problemas de saúde mental. Na Bundesliga, esse foi o caso do ex-goleiro Markus Millar, do jogador Jan Simak e agora de Rangnick. E, segundo informações de especialistas, muitos atletas encontram-se atualmente em tratamento.
Sintomas da síndrome
Sven Hannawald, em 2002Sven Hannawald, em 2002Enfraquecimento do desempenho mental e cansaço crônico, irritação fácil, ansiedade, dores corporais e aumento do risco do vício são sintomas da síndrome do Burnout.
Ela é considerada o estágio final de uma linha de desenvolvimento, que começa frequentemente com o entusiasmo idealista, e ao decorrer de experiências frustrantes, a síndrome pode levar à apatia, doenças psicossomáticas, depressão e agressividade.
Quanto ao tema depressão, o suicídio do goleiro da seleção alemã Robert Enke, há dois anos, logo vem à cabeça dos alemães. Na época, todo o país discutiu sobre a doença, que o caso Rangnick traz agora de novo à tona.
Quando se pergunta sobre as causas do Burnout, muitas vezes são citados a falta de tempo, a pressão pelo sucesso, o estresse e a sobrecarga. Pessoas que trabalham por um longo tempo em seu limite, que se engajam demasiadamente em sua profissão ou que se impõem altas expectativas e exigências são candidatas a ficarem doentes.
Otimização de recursos
Jens Kleinert, da Universidade do Esporte de ColôniaJens Kleinert, da Universidade do Esporte de ColôniaQuem sofre de Burnout precisa de ajuda, garantem especialistas. E o importante é que os afetados reconheçam por si mesmos que precisam desse apoio que também o aceitem. O psicólogo Jens Kleinert, professor da Universidade Alemã do Esporte de Colônia, exige um melhor acompanhamento psicológico nos clubes e associações.
No caso do esporte profissional, Kleinert afirma que não é o sistema que tem que mudar, mas os recursos que precisam ser otimizados. Segundo ele, clubes e associações devem trabalhar juntamente com psicólogos esportivos e psicoterapeutas, colocando especialistas à disposição.
Assim, pode-se garantir a prevenção e o reconhecimento precoce da doença. "Clubes e associações devem estar dispostos a investir", explicou.
Kleinert explica que após o suicídio o governo Robert Enke a opinião pública alemã se sensibilizou, o que levou à criação do portal mentalgestärkt.de, uma rede destinada à saúde psíquica nos esportes competitivos. O psicólogo explica, todavia, que muito ainda precisa ser feito. "Pois o ambiente num clube tem de ser muito bom para que alguém admita que sofre da doença."
Segundo Kleinert, isso só é possível em clubes nos quais os afetados sabem que receberão apoio. "Muitas vezes doenças são escondidas ou não são constatadas."
CA/rtr/dpa/afp
Revisão: Mariana Santos www.dw-world.de/brazil

Fidel Castro chama Barack Obama de estúpido

http://us.cnn.com/2011/09/29/world/americas/cuba-castro-obama/index.html?hpt=hp_t2



"On Thursday, Castro responded with sarcasm in a written essay published in Cuban state media..."

Erro de cálculo...

O  vídeo é de Manilla, Filipinas

Um prédio de 10 andares cai em Manilla, nas Filipinas. Mas, 'avisou' que ia cair...

Quem vai a Oktobertfest?

As moças alemãs estão esperando você com um pote cheio!

Dois entretenimentos em um só campo...;

O estádio de futebol - da foto - tem hotel com janelas para o campo... Em uma dessas janelas alguém descobriu um casal fazendo sexo. O incidente conseguiu mais apreciadores do que o jogo com 22 homens lutando por uma bola. O jogo era pelo campeonato belga...

Tufão em Taiwan

Um prédio de 10 andares cai depois de ser solapado pela forte correnteza de águas de chuva...

As ucranianas estão de volta. Agora com sutiãs de arame

As meninas ucranianas fazem outro protesto e dessa vez  com seios defendidos por sutiãs de arame


http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/09/detidas-por-protesto-topless-ativistas-vao-corte-com-sutias-de-arame.html

Temporada das águas...

O vídeo é de Taiwan na China

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Morte de Michael Jackson está em julgamento há 3 dias...


http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2011/09/em-julgamento-acusacao-exibe-foto-do-quarto-em-que-jackson-morreu.html
Quem quiser ver o julgamento pode acessar a CNN...

Vem pra cá, vem pra cá...

CNJ afirma que 35 desembargadores são suspeitos de crimes

Ao menos 35 desembargadores acusados de cometer crimes podem ser beneficiados se o Supremo Tribunal Federal (STF)

SRZD | Após decisão do TRE prefeita se recusa a deixar prefeitura de Campos | Notícia | Rio+

SRZD | Após decisão do TRE prefeita se recusa a deixar prefeitura de Campos | Notícia | Rio+

"Os custos da Copa da África do Sul eram uma bomba-relógio"


MUNDO | 26.09.2011

Sul-africanos relatam a brasileiros desilusões e prejuízos da Copa

 

Um ano depois de terem sediado o Mundial de Futebol, sul-africanos contam como sociedade não se beneficiou do evento. Diálogo entre movimentos sociais quer alertar brasileiros para os riscos.









 
Um ano depois da Copa do Mundo na África do Sul, movimentos de classe sul-africanos têm um parecer sobre como será o evento no Brasil, em 2014: "Os problemas no Brasil deverão ser muito piores. No caso brasileiro, há despejo em massa, muito dinheiro público sendo gasto. Haverá implicações sérias para a sociedade brasileira em termos econômicos". A advertência é de Eddie Cottle, do Building and Wood Worker´s International (BWI), federação internacional que reúne trabalhadores da construção civil.
Isso não quer dizer, no entanto, que a experiência sul-africana tenha sido livre de incidentes. Cottle, que está lançando um livro sobre o legado da Copa 2010, diz que, embora ainda haja o sentimento de orgulho, a população vive uma grande desilusão. "Sediar um evento esportivo dessa magnitude fez com que as pessoas tivessem expectativas altas. Mas um ano depois, ficou claro que não houve ganhos econômicos de verdade."
No fim das contas, a Copa do Mundo somou apenas 0,3% ao Produto Interno Bruto da África do Sul no ano passado, bem inferior à projeção inicial de 3%. Quando o evento acabou, os trabalhadores sul-africanos voltaram à vida de antes, sem sentir melhorias no cotidiano e sem terem mais oportunidades de emprego. "Ficou claro que a Copa do Mundo era um veículo para o setor privado lucrar", completa Cottle.
Perda de oportunidades
A troca de experiência entre os dois países emergentes acontece em níveis diferentes. Enquanto os governos dialogam numa esfera própria, os movimentos civis dos dois países tentam articular estratégias para que a sociedade também desfrute de benefícios duradouros.
Nesta semana, representantes da BWI, da rede internacional StreetNet (que reúne vendedores ambulantes), brasileiros da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e da Fase (Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional) além de acadêmicos, se encontram na Alemanha para discutir os ganhos sociais que um acontecimento como o Mundial de Futebol pode trazer.
Nos dois casos, o planejamento para abrigar o evento esportivo terá "custos econômicos inacreditáveis que não são estimados", aponta Norbert Kersting, da Universidade de Münster, que estuda as implicações dos megaeventos. O especialista lembra que os governos sempre colocam muita expectativa de retorno no turismo. "Mas o turismo sozinho não segura uma economia, nós vemos agora os exemplos da Grécia e da Espanha. É preciso ter outros setores produtivos."
Segundo um estudo do governo brasileiro, o país deve receber 600 mil turistas internacionais e arrecadar 3,9 bilhões de reais só com esses visitantes durante o evento. Em 2010, a África do Sul recebeu 373 mil turistas estrangeiros – por outro lado, 483 mil visitantes internacionais estiveram no país em 2007.
Ainda há mais um agravante no caso da África, ressalta Kersting: o potencial de áreas que poderiam se desenvolver, como a têxtil, foi desperdiçado. "Toda a produção de camisas para a Copa 2010 foi feita na China, e não na África do Sul, por exemplo. O país-sede do evento poderia ter produzido os uniformes e a indústria poderia ter usado essa chance para seguir no mercado."
Rumo a 2014
Para dar lugar aos estádios e expansão do sistema de transporte nas cidades-sede no Brasil, famílias estão sendo retiradas de comunidades carentes sem saberem exatamente que futuro as aguarda. "No Morro da Providência, no Rio de Janeiro, antes de as famílias serem despejadas, elas recebem um papel do governo que não tem sequer caráter oficial, dizendo a quantia que irão receber, ou a inclusão de um benefício", conta Rossana Tavares, da Fase.
A arquiteta e técnica da entidade comenta que os atingidos pertencem à classe mais pobre e que, na maioria dos casos, as famílias são despejadas na calada da noite, não sabem a quem recorrer e o caso não aparece na mídia. "Ainda não sabemos exatamente o número de famílias deslocadas. Mas, só no Rio de Janeiro, estimamos que até agora 300 tenham sido despejadas", comentou Tavares.
Ao mesmo tempo, comitês populares se formam nas cidades atingidas e tentam levar suas reivindicações até os governos. "É esse o caminho. E ganha a briga quem gritar mais forte", comentou Leonardo Vieira, da CUT, dizendo que os trabalhadores estão em constante negociação com setores privados e o governo em busca de melhores condições.
Conta a pagar
As reclamações dos sul-africanos, diz Cottle, não foram ouvidas a tempo. No caso dos custos dos estádios, por exemplo, a população sabia que se tratava de uma bomba-relógio. "Há poucas semanas, o ex-presidente da organização da Copa do Mundo na África do Sul pediu desculpas ao país porque os estádios não são sustentáveis como ele havia previsto no planejamento original", revelou Cottle.
Como resultado, conta o líder da BWI, a administração federal planeja aumentar os impostos para arcar com os custos de manutenção de arenas esportivas. A de Cape Town custou aproximadamente 1 bilhão de reais. "Havia um estádio numa comunidade pobre de trabalhadores. Mas a Fifa não queria uma arena esportiva numa área pobre habitada por trabalhadores. Então um novo estádio foi construído do zero", adicionou Cottle, lembrando que história semelhante foi vista no Brasil.
Autora: Nádia Pontes
Revisão: Roselaine Wandscheer www.dw-world.de/brazil

A água do lago chinês se afasta...

Mesmo com o cuidado e a responsabilidade de cada um de nós o problema será crucial em poucos anos...


Henfil

"Se não houver frutos, valeu a beleza das flores; se não houver flores, valeu a sombra das folhas; se não houver folhas, valeu a intenção da semente".
Henfil

A turma brava de Los Zetas está se aproximando do Mercosul

ansa.it - Ansalatina - SUPOSTO LÍDER REGIONAL DO CARTEL MEXICANO LOS ZETAS É DETIDO NA ARGENTINA
 "Um homem suspeito de ser um líder regional do cartel mexicano Los Zetas foi detido hoje em uma operação da polícia argentina junto a um colombiano e um argentino..." 
http://www.clarin.com/policiales/narcotrafico/Cae-Plata-presunto-integrante-Zetas_0_562743928.html
"En los puntos allanados la Policía secuestró 50 kilos de cocaína, cerca de mil almohadillas térmicas, de distintos tamaños y para distintos usos, compuestas con un gel que tenía la droga diluida, según determinaron los test realizados luego sobre la sustancia. .."

Rio Cidade Olímpica e a preocupação com o inventário da Olimpíada

http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2011/09/110923_mariasilvia_olimpiada_jc_is.shtml
"A prefeitura vem buscando firmar parcerias público-privadas para diminuir o uso de dinheiro público nos projetos. O modelo já foi adotado na construção da Vila Olímpica, na reforma do Sambódromo e na revitalização do Porto."

Viver 150 anos. Quem quer?

Vamos nessa ????
http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2011/09/110926_genoma_150anos_pu.shtml
..."Sequenciar o DNA humano de forma rotineira abrirá uma série de possibilidades, diz George Church. Uma vez que "ler" um genoma se torne um processo corriqueiro, o professor de Harvard quer partir para "editá-lo", "escrever" sobre ele..."

Ucranianas protestam contra medidas econômicas do país

Um protesto que não passa despercebido

Ucranianas protestam contra medidas econômicas do país

"Perdió el invicto Cuba en continental de baloncesto"

Deportes - Perdió el invicto Cuba en continental de baloncesto
O periódico cubano Granma lamenta a derrota de suas meninas do basquete diante das argentinas que disputam em Neiva, na Colômbia o Pré-Olímpico de Londres...


"Con este resultado las antillanas perdieron el invicto y ahora casi seguro tendrán que enfrentar en semifinales al favorito equipo de Brasil..."

Fractais...

Afinal, o que é um fractal ?
Os dicionários explicam: 

(Larousse Cultural)
figura ou sólido que pode ser subdividido, infinitamente e de maneira simétrica, tal que suas subdivisões têm exatamente a mesma forma que o original.






Houaiss : estrutura geométrica cujas propriedades geralmente se repetem em qualquer escala... (diz-se do ramo da matemática)
Aurélio: lat. 'quebrado' + al. Diz-se de, ou forma geométrica que pode ser subdividida indefinidamente  em partes, as quais de certo modo, são cópias reduzidas do todo...
Seja o que você entender das explicações dos dicionários a minha ideia é de que os fractais são uma beleza pouco explorada, concebida, exibida. . . e possivelmente poderia ser uma ferramenta para atrair e aproximar os estudantes que têm horror ao estudo da Matemática
Quem sabe???

O caso de Breno ou o ocaso de Breno...


A reportagem conta a História de breno no futebol alemão


O desenvolvimento da narrativa é um texto com conteúdo emocional - New Journalism - uma técnica européia de mostrar a notícia 

FUTEBOL | 27.09.2011

O caso Breno e os antecedentes de um incêndio

O que começou como uma crise esportiva logo se transformou num caso jurídico. As grandes expectativas, as lesões e as dificuldades de integração são o pano de fundo do caso Breno.

Quando se buscam momentos que ilustrem a carreira de Breno na Alemanha, as primeiras cenas que vêm à memória são da sua chegada ao aeroporto de Munique, acompanhado do pai, em 2008.
O jovem, então com 18 anos, observava com timidez o que acontecia ao seu redor, bombardeado por perguntas da imprensa feitas num idioma que ele sequer entendia, na dúvida se parava para atender aos repórteres ou se seguia caminhando sem saber ao certo para qual direção.

Mais tarde, o jogador reconheceria que, já naquele primeiro momento na Alemanha, havia ficado claro para ele quão grande era a mudança que teria que enfrentar em sua vida.
Durante os primeiros meses ele esteve o tempo todo acompanhado por membros da sua família e cercado pelos seus compatriotas no Bayern, Zé Roberto e Lúcio. No entanto, os jogadores não podiam se ocupar o tempo todo do colega recém-chegado, entre outros motivos porque, apesar da nacionalidade que os unia, também os separava a rivalidade esportiva, especialmente no caso de Lúcio, capitão da seleção brasileira e zagueiro titular da equipe alemã.

Isolamento involuntário

Breno aprendeu que no mundo do futebol, e em especial num grande clube como o de Munique, a solidão é quase um pré-requisito para exercer a profissão. Não surpreende que, em vez de fazer amizade com os colegas do Bayern, seus dois melhores amigos na Alemanha sejam os jogadores Alexander Baumjohann, meio-campista do Schalke, e Dante, zagueiro do Möchengladbach.
Hoeness (e) e van Gall: grandes expectativas sobre o brasileiroHoeness (e) e van Gall: grandes expectativas sobre o brasileiroBreno conheceu Baumjohann durante a breve – e fracassada – passagem do alemão pelo Bayern. Por ter uma esposa brasileira, ele fala bem português. Talento jovem, assim como Breno, Baumjohann compartilha com este a sina de ter um destino promissor que custa a se concretizar por culpa das lesões ou da falta de confiança dos técnicos.

Após uma longa pausa de oito meses, Breno voltou aos estádios em janeiro deste ano. Um tempo longo, durante o qual ele acabou perdendo contato com os integrantes do Bayern de Munique – os quais via apenas rapidamente, ao entrar e sair da sala de recuperação física. Quando retornou aos treinos, foi tratado como um novo jogador, apesar de já estar na terceira temporada vestindo o uniforme do time da Baviera.

Durante o tempo de recuperação, confessou o zagueiro, ele esteve absolutamente sozinho e isolado do clube. "Foram longos meses quase que exclusivamente recolhido em casa. Graças a Deus minha mulher me deu forças e esperanças, porque na verdade eu me senti derrotado, inútil e deprimido", contou.

O jogador procurou, sem muito sucesso, tirar proveito da sua pausa obrigatória e se propôs a aprender melhor o idioma alemão. Para se obrigar a falar e a entender o idioma do país em que mora, Breno passou a recusar a ajuda de amigos e conhecidos nas traduções: ia sozinho a consultas médicas e ao supermercado, onde contava com a paciência de vendedores e caixas para fazer as compras. Apesar do esforço, quando voltava para casa – onde passava a maior parte do tempo –, estava de novo num ambiente em que só se falava português.

Sucessivas lesões
Para procuradores, Breno teria causado incêndio em sua casaPara procuradores, Breno teria causado incêndio em sua casaDe uma forma ou de outra, o brasileiro superou o longo período sem jogar e, quando finalmente voltou aos gramados, surpreendentemente conquistou uma vaga na formação titular do Bayern, com a ajuda do treinador Louis van Gaal. Mas ele novamente seria traído pela sorte: um erro dele no estádio Allianz Arena, na partida de oitavas de final da Liga dos Campeões contra a Inter de Milão, selou a eliminação do Bayern e a saída de Breno do grupo de titulares.

Breno passou a jogar esporadicamente – sua última partida foi em abril – e as lesões não pararam de aparecer. Primeiramente veio a ruptura de ligamentos, da qual nem bem tinha se recuperado e que o obrigou a novamente operar o joelho. Depois vieram problemas com o peso e uma nova intervenção cirúrgica no tornozelo.

Assim, o jogador no qual o Bayern investia para o futuro, sobre o qual o presidente do clube, Uli Hoeness, afirmava que seria um dos melhores zagueiros do mundo em pouco tempo, chegava à metade de seu contrato na Alemanha praticamente ocupado apenas com terapias de recuperação física. Na semana passada, pouco antes do incêndio em sua casa, os médicos decidiram pela necessidade de uma terceira cirurgia em seu joelho.

Futuro incerto

Uma nova passagem pela sala de operações significaria uma nova longa pausa do futebol. Por conta de suas lesões, Breno já não recebia há alguns meses o valor integral do seu salário. Seu contrato vence no meio do ano que vem e, em casos normais, um jogador com problemas físicos e poucas oportunidades de demonstrar seu talento em campo tem grandes dificuldades de renovação. Problema ainda maior considerando que ele não fala bem alemão.
Sucessivas lesões obrigaram o jogador a longas pausas em campoSucessivas lesões obrigaram o jogador a longas pausas em campo
Por conta do incêndio em sua residência, que promotores de Munique o acusam de ter provocado, a situação é ainda mais complicada. "Não vamos abrir mão do Breno", afirmou o Bayern por meio de declaração do presidente do clube. Por outro lado, esta é a primeira vez na história do time que um jogador em atividade é detido, e assim permanecerá por algum tempo, até que se esclareça se realmente não existe risco de fuga.

O futuro de Breno é incerto. No aspecto esportivo, ele ainda vai precisar passar por uma cirurgia e, na melhor das hipóteses, só poderá voltar a jogar em 2012. No aspecto jurídico, terá que enfrentar um processo para determinar sua responsabilidade no incêndio em sua casa. Seu estado de saúde psicológico ainda é desconhecido.

O diretor do Instituto Max Plank de Munique, Florian Holsboer, que prestou assistência psicológica a Breno depois do incêndio, fez o melhor resumo sobre a situação do jogador brasileiro: "É preciso ver o caso da seguinte forma: um jovem e talentoso jogador de futebol chega a um país estrangeiro abaixo de muitas expectativas, espera-se dele que renda o mais rapidamente possível. Mas o jovem se lesiona e já não tem oportunidade de se integrar a esse novo mundo, perde suas raízes, é isolado e, no final, coloca-se ele na prisão".

Autor: Daniel Martinez (ms)
Revisão: Alexandre Schossler www.dw-world.de/brazil